segunda-feira, junho 03, 2013

a beleza nas crianças é como a beleza nos adultos

Há crianças feias, não têm culpa mas a beleza não toca a todos. Depois há crianças feias mas que são tão docinhas e meigas que se tornam lindas. Há crianças sem gracinha nenhuma mas que arranjadinhas ficam muito giras, e há crianças tão giras que qualquer trapinho lhes fica lindamente. Há crianças feias também por dentro, crianças más e mesquinhas tal como alguns adultos. E não, as crianças não são todas lindas e maravilhosas porque haveriam de ser? se os adultos também não são ... Porque gozam as crianças de um estatuto especial?  E porque será que não se fala nisto, é porque parece mal?

Maggie

10 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Maggie disse...

Bom vamos lá a ver se nos entendemos, fui obrigada a remover 2 mensagens porque se referiam a crianças em particular, tanto ás minhas como ás de outras bloggers, e não é esse o objectivo do post, analisar a beleza de crianças concretas. Este post reflecte apenas a minha posição contra a beleza universal de todas as crianças, só isso, não estou interessada em saber o que acham das minhas filhas nem das filhas de outras mamãs.
Agradeço os comentários na mesma mas terão de ficar sem conteúdo.

beijinho

Maggie

Anónimo disse...

o q quer q lhe diga??? logicamente ha crianças feias, q novidade e n existe verdade universal nenhuma, existe é gente q mente para agradar ou ser simpático, senao nao publicam como foi o seu caso lol

Anónimo disse...

Se as crianças são todas bonitas?? Não não são nem sei de onde tirou essa ideia!
Se parece mal andar por aí a dizer ás crianças "Tu és muito feio" ou "Desculpe lá mas o seu filho é feio"???? Bem se eu noutra circunstancia me lembrasse de lhe dizer que nenhum trapinho nem mesmo as roupinhas giras estrangeiras fazem as suas filhas bonitas isso "parece mal"??? Pois, parece não é?
Francamente, dá-lhe para cada devaneio!

Bonitinha disse...

Tens razão Maggie, há com certeza crianças feias o que nem sempre é sinal de que assim permanecerão quando ficarem adultos. Meus tios são o exemplo clássico: um era uma criança muito feia e quando cresceu virou um gato loiro de 1.92, o outro sempre foi um bebê de revista, mas teve um problema de pele que o deixou deformado.
Quanto a mim, penso que meu filho foi um bebê bonito, teve fases em que era mais do que em outras. No entanto hoje depende do modo como o vejo. Às vezes olho para ele e acho-o feio, às vezes, dependendo do ângulo e da expressão volto a achá-lo muito bonito. A Maggie também passa por isto?
beijinhos

Maggie disse...

Olá cara anónima, sente-se por aí tanta dor de cotovelo ..., e por acaso mas só por acaso as minhas filhas são as mais lindas do mundo seja com roupas estrangeiras seja com roupa do Primark. Vá lá tomar um cafézinho a ver se lhe passa essa dorzinha irritante que tem aí, ahhh e deixe-me lá com os meus devaneios, são meus.

Beijinho

Maggie

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Paula disse...

hipocrisias!
Adultos sem escrúpulos foram crianças sem escrúpulos!
Grande verdade!
vidademulheraos40.blogspot.com.