sexta-feira, julho 19, 2013

desempregado quer-se miserável (texto da Catarina Beato- dias de uma princesa)




e pronto os livros chegaram, aqueles eu que sugeri aqui há uns dias para as férias. O meu doce marido leu os posts e como eu sou uma extraordinária esposa não se poupou a esforços e decidiu oferecer-me os livros que me interessavam. Obrigada Amor, sempre preocupado comigo.
Desde ontem que estou a olhar para os livros porque todos me interessam e não sabia por qual começar. Acabei por me decidir pelo livro da Catarina Beato e estou a gostar dos textos soltos,  das ideias que nos passa e do que pensa sobre tanta coisa. Inclusivé tem um texto sobre os desempregados que devia ser lido por muita gente.
Felizmente é uma pessoa que percebe que ser desempregado não é ser um coitadinho, não é passar fome e deixar-se pisar e passar por cima. Para ela tal como para mim um desempregado só perdeu o emprego mas mantém a sua educação, formação e ás vezes com a ajuda de terceiros lá vai mantendo a sua vida. Então um desempregado já não pode ir tomar um café ou ir comprar uns sapatos? ora bolas. Infelizmente há desempregados em situações limite mas também os há ainda que estejam empregados. Obrigada Catarina por este texto tão sincero e com tanta verdade.

Bjo

Maggie

1 comentário:

Nyna disse...

Muito interessante! Se tiveres trechos deste texto e quiseres partilhar, será bem-vindo! :)
beijinhos