segunda-feira, julho 22, 2013

eu cá já tenho tudo o quero mas podia sair-me o euromilhões á mesma ...


que eu tenho destino para eles, para os milhões claro. E não ía cá fazer almoços para as gentes da terra ou fazer um casamento de arromba, ou mandar construir uma capela como fez a mais conhecida milionária de euromilhões portuguesa. Nada tenho contra a senhora atenção, cada um faz o que quer eu também cometia algumas pequenitas excentricidades mas o que me daria mais prazer era ligar para os vários casos que povoam os nossos facebooks e perguntar quanto dinheiro falta para se poderem tratar. Ouvir o valor e assegurar que faria na hora a transferencia do restante para que, mesmo que seja numa percentagem minima de sucesso, uma criança tenha alguma hipótese de cura. Isto sim, isto é que era.
O pior, o que mais custa a estes pais é terem uma esperança mas não terem dinheiro para lá chegar, é saberem que se tivessem dinheiro podiam tentar tudo, assim é uma sorte ... caramba deixemo-nos de tretas, afinal o dinheiro pode trazer felicidade!


Boas tardes


Maggie, a simplória generosa

Sem comentários: