sábado, agosto 03, 2013

eu e as americanices





(imagens Oshkosh)

Não sou nacionalista nem fundamentalista, não acho que se deva comprar português só porque é feito cá até porque muita coisa portuguesa é feita da China, inclusive marcas super prestigiadas, é um engano. Quando compro alguma peça portuguesa é porque por acaso gosto e não por fundamentalismos anti americanos ou para ficar bem. Respeito quem o faça não tenho nada contra, mas detesto que me impinjam ideias e conceitos. Compro o que gosto seja espanhol, italiano, americano, seja feito na China ou no Tibete. E a prova de que há coisas muito giras compradas lá fora está aqui, nestas fotos amorosas. 
Sei que agora está na moda comprar as roupas das crianças em lojas queques, comprar aquelas peças cheias de folhos e pôr laçarotes para o cabelo maiores do que qualquer cabeça de criança,  mas eu sempre fui do contra, e para mim esses laçarotes de encher a cabeça só para casamentos, fazer o quê?!

Bom dia

Maggie

6 comentários:

Sónia disse...

Somos duas a pensar assim :) Gostei desta marca vou cuscar parece ter coisas muito giras!

Mary disse...

Essa moda é de fugir... As criancinhas ficam tão ridículas, Deus do céu! Folhos e laços maiores que elas... Há gostos para tudo...
Também prefiro roupas mais contemporâneas ;)

Anónimo disse...

para laços é preciso ter filhas com estilo fino..vc não gosta e ainda bem q nas suas filhas ficaria mesmo horrivel

Maggie disse...

ahhh sim filhas de estilo fino,hahahahahaha, para mim são apenas e só filhas para mostrar aos outros em fotos, as crianças finas não andam de laços maiores do que as cabeças no dia a dia!
Há cada uma que por cá passa, é só inveja e não é da boa ...

Felicidades para si
Bjos

Maggie

Mamã Petra disse...

Os teus anónimos são mesmo tão parvossssssssssssss a sério fico abismada com esta gente, pois eu detesto essas golas enormes e folhos medo e os laços estou como tu para um casamento sim, mas os folhos ao pescoço nem para isso, olha também não devo ter filhas de estilo fino, ahahahah. Eu compro o que gosto e sou como tu fundamentalismos nem pensar.

Anónimo disse...

Ahaha olhe eu também era um bocado do contra a esses laçarotes, mas quando vi que havia muitas mães a comprá-los a 10 euros resolvi também eu começar a fazer e a vender. Vendo um euro mais barato e imagine, tenho-me fartado de ganhar dinheiro com essas dondocas chiques!!!