quinta-feira, setembro 19, 2013

ás vezes temos sorte na vida e nem sabemos

A minha filha mais velha tem imensa sorte em ter uma professora fantástica que está sempre disponível, sem pressas e que gosta de crianças. Ontem depois de ter falado com a Directora da Escola fui espreitar a sala da Micas, e claro que estava lá a Professora Margarida. Fui lá carpir as minhas mágoas, contar o que se tinha passado com as minhas filhas e acabei por ficar quase 1 hora á conversa, e foi porque decidi vir-me embora porque ela estava disposta a aturar-me por muito mais tempo. É uma professora acessível, disponível, não tem pressa de ir para casa e fica a falar com os pais até 20h se for preciso. É uma excelente pessoa, que ouve e ajuda, que ensina os alunos mas tbém lhes dá educação como ela diz, afinal eles passam o dia na Escola com ela. Vi meninas irem lá pedir miminho, e ela dá. Também ajuda a dar o almoço aos meninos que comem pior ou em dias em que o almoço é peixe e é mais difícil comerem rápido. E não tem que fazer isto, faz porque quer e porque acredita que a sua profissão e a sua missão a isso a obrigam. Gosto dela, é sincera e não gosta de "chicos espertos", tal como eu também não gosto. Gosto dela porque chama a atenção á Micas 30 vezes se for preciso, gosto dela porque não desiste dos alunos, porque puxa uma cadeira e senta-se ao lado de cada um para os ensinar a pintar, a escrever, a pensar ...
Sei que esta professora é um achado, que há poucas assim. Para ela não se marcam reuniões, é só aparecer depois das aulas que ela está lá, cansada mas disposta a ajudar e a orientar os pais.
A minha filha mais velha tem uma sorte do caraças, esta professora sabe o que quer e luta por isso. Esta professora é a mais organizada, a mais vaidosa da Escola com os seus alunos, a que defende os interesses dos seus meninos, a que ralha quando tem que ralhar e a que dá mimo quando tem que dar.
Ainda só passou 1 ano, temos mais 3 pela frente mas digo-lhe já hoje que vou ficar-lhe grata para sempre. Obrigada. Muito obrigada.


Maggie

2 comentários:

liliana disse...

fico feliz pela Micas.
ainda há bons profissionais em todas as áreas e nesta que me toca, acredito que há gente boa.

que seja o inicio de uma vida académica cheia de sucessos.
beijocas

Tulipa disse...

Ainda bem que assim é, no entanto, no caso da disponibilidade da professora ao fim do dia é rara, tão somente porque a maioria dos professores chegam ao final do dia e deixam de ser professores para serem pais, maridos, esposas... claro que é muito bom saber que o professor fica até mais tarde, mas convém não se esquecer que também eles querem passar tempo com os seus...