quinta-feira, novembro 07, 2013

e enquanto a malta andar entretida com a Margarida Rebelo Pinto ...


Já se sabe que sou fã da Margarida Rebelo Pinto, acho-a bem gira e gosto dos livros dela, mas hoje quando liguei o portátil e percebi que andava a ser gozada por toda a blogosfera fiquei atónita. Incrível a importância que se dá a quem só tem importância na sua área. A Margarida é jornalista e escritora, o que ela acha da austeridade é lá com ela, não merece tanto tempo de antena porque na política ela é uma cidadã comum, e há tanto cidadão comum a dizer barbaridades ... Na verdade não ouvi o que disse ou escreveu a Margarida e nem me interessa, o meu interesse na Margarida Rebelo Pinto esgota-se na literatura, quero tanto saber o que ela acha do estado da nação como o que o Professor Marcelo acha dos pijamas do Primark, cada um na sua área. 
E se em vez de andarmos a chamá-la de tonta, de pobrezita e sei lá mais o quê, que tal fazermos alguma coisa por nós cidadãos, hummm? pois dá mais trabalho é verdade, e isso já implica sair do sofá, dar a cara, protestar e é tão mais confortável estar de rabo sentado não é?
Ahhhh bodes expiatórios, nisso os portugueses são tão bons, e assim não se enfrentam os verdadeiros dramas ...


Maggie

3 comentários:

Anónimo disse...

De facto a área da Margarida Rebelo Pinto não é a política/economia... Então porque "raio" vai para os meios de comunicação social dizer aquelas barbaridades! Eu tinha vergonha na cara de proferir aquele discurso, sabendo que há inúmeras crianças e famílias a passarem fome! É uma pobre coitada... uma dondoca que nem escrever sabe quanto mais falar de política na tv! Uma verdadeira vergonha...

Anónimo disse...

é só uma tonta q escreve para ainda mais tontas q ela q a fazem rica e logicamente daquela cabeça só poderia ter saído o q saiu lol

Anónimo disse...

"o meu interesse na Margarida Rebelo Pinto esgota-se na literatura"

Literatura? hahahahaha, a Margarida Rebelo Pinto a fazer literatura? Não, menina, a MRP vende livros que mais não são contemporâneos das Biancas e Sabrinas de há 30 anos

Imagino que não tenha feito por mal, mas não ofenda a literatura :)