terça-feira, novembro 05, 2013

sobre o assunto na ordem do dia: os contratos de Associação com as Escolas privadas


Há tanto para falar sobre este tema mas apetece-me falar só da parte boa, sim que isto também tem um lado bom ...
Felizmente ainda há  pais que podem optar pela escola onde os seus filhos irão estudar, e ainda há pais que podem pagar colégios privados com mensalidades que rondam os 500€. Fiquei admirada.

E isto é bom, não é ?

Bom dia

Maggie

5 comentários:

Anónimo disse...

o que as pessoas procuram nos colégios privados é o estatuto social..rigorosamente mais nada por mto q tentem justificar com todo o tipo de mentiras..lol
e a meu ver as pessoas se podem pagar devem mesmo o fazer pq os filhos de outra maneira nunca se safariam na vida..é ver os colegios cheios de totos e tontinhas, sem graça, conteudo e sem educação de berço,q se vivessem uma vida verdadeira eram enterrados em vida.. sou completamente a favor que existam todos os privados..nem toda a gente infelizmente tem força e caracter para encarar a vida e lutar por ela..há que alguém a mastigar..

vera disse...

É péssimo. Andar a subsidiar piscinas em colégios privados, quando há salas de aula públicas a cair aos bocados; a subsidiar carrinhas de transporte para os meninos chegarem ao colégio, enquanto as crianças de escolas públicas têm que andar quilómetros a pé. É péssimo, é injusto e está errado. A educação não é um negócio! Basta ver com atenção a reportagem da TVI que passou ontem para se perceber a dimensão escandalosa da negociata. A única excepção que aceito é quando não há oferta pública. Havendo, é criminoso usarem 154 milhões de euros em colégios privados.

amigos das onze horas disse...

Se os pais não querem pôr os seus filhos na escola pública que paguem a mensalidade por inteiro. Isso de contratos de associação com escolas privadas não cabe na cabeça de ninguém quando existem nas proximidades escolas públicas com vagas. É o País que temos...

ana disse...

Nada contra os privados, a não ser que não aceito que o (muito) dinheiro dos meus impostos (quase metade do que ganho) vá para financiar negociatas do governo com grupos económicos. Como professora do ensino público , é ultrajante que o meu posto de trabalho esteja em risco também por esta razão. Como mãe de crianças no ensino público, é revoltante ver os cortes na educação e este esbanjamento com colégios privados. É que isto não tem mesmo nada de bom, desculpa lá, Maggie. Se há pessoas que podem ou optam por pagar 500 euros de mensalidade num colégio, bom para eles, mas deixem os dinheiros de todos nós fora disto, please.

Sónia disse...

Não tenho nada contra os privados, mas sou contra eles terem tanto apoio do estado quando as escolas públicas precisam de tanta coisa e não têm por não haver verba, isso é triste.
Se a escola pública estivesse bem , tivessem tudo o que os nossos jovens merecem não via mal nenhum mas assim não.
E os pais que os metem na privada já pagam tanto não sei como essas escolas ainda precisam de mais, enfim...