quarta-feira, janeiro 15, 2014

o Papa e a amamentação

Nunca achei graça nenhuma a uma mulher sacar da mama em qualquer lado e dar logo ali de mamar. Não gosto de ter que ver as mamas das outras mamãs, nem gosto de ser obrigada a ver uma criança a ser amamentada pelas mamas da mãe em publico. Dentro de 4 paredes cada um faz o que entende mas em publico não acho bem e não gosto. Quem  bom que o Papa não se importa e decidiu dar aval para que as mamãs saquem das mamas em plenas homilias na Capela Sistina para alimentar os bebés, que bom para elas. Ele apoia eu cá não, vai daí espero não ver amamentações nas missas de domingo, sim que isto quando pega moda, não sei não ... 


Obrigada

Maggie

14 comentários:

Anónimo disse...

lololol temos pena.... não quer ver feche os olhos. ou acha que as mães vão enfiar um biberão ou deixar os bebés com fome por sua causa? se não gosta não é obrigada a ver, já diz o ditado que quem está mal retira-se.

Mary disse...

Eu saquei muitas vezes mas nunca estiveram à vista, porque tapava com uma fralda... Na missa não porque não vou à missa. Não sei se incomodei alguém nem quero saber, não ia deixar de sair de casa, nem ia fugir para casa cada vez que quisessem mamar. E sinceramente também nunca vi nenhuma mãe com a mama completamente ao léu! Acho que a maioria o faz com discrição.

Maggie disse...

Eu falo é das que colocam as mamas ao leu e não de quem tem o cuidado de as tapar. E depois vêm falar de um momento intimo entre a mãe e o bebé, intimo?

Maggie

Paula disse...

Oh Maggie, mas quantas mães vês por aí de mama ao léu? Isso é muito comum em África e mesmo assim nunca me chocou. Eu sempre amamentei em qualquer lugar. Se a criança tinha fome não me ia enfiar num buraco para o amamentar... Amamentar é um acto natural e deve ser praticado sempre que o bebé tem fome onde quer que estejam mãe e filho. Se tivesse um bebé com fome na capela sistina ou noutro lado qualquer teria amamentado. A capela até é um sítio bastante bom. É escuro e a maior parte das pessoas está mesmo preocupada em ver os frescos. ;) O que sugeres? Que se leve o leite num biberão quando as mães saem de casa? Isso era tonto!
Beijinhos.

Paula

Ana disse...

"Nunca achei graça nenhuma" - Problema seu!
"Não gosto" - problema seu!
"Não acho bem " - problema seu!
"Não apoio" - problema seu!

É um ato natural e pode ser praticado em público. Se incomoda, é problema seu, e não das mães, ou do resto da sociedade. Vire a cara, não vá à missa, olhe, resolva-o!

p* disse...

Acho que devia ser algo natural, mas não é. E nesta sociedade requer que seja discreto. Tenho um sentimento dúbio: por um lado não deveríamos repudiar dar de mamar em público. O bebé tem fome e precisa de ser alimentado. Os corpos são naturais e não se devia ter pudor. Por outro lado vivemos em sociedade para o bem e para o mal. Há uma data de regras impostas. Dar de mamar não devia ser uma delas (na minha opinião) mas acho que podia ser feito de uma forma mais discreta (com uma fraldinha a tapar, por ex). O bom senso acima de tudo. E mamar e nudez vai ser sempre natural quando nos deixarmos de pudores da treta!

Anónimo disse...

é realmente um problema seu.. lol
pa nunca deixaria de amamentar as minhas filhas estivesse onde estivesse..
viver a nossa vida é mais saudavel do q se preocupar com a vida alheia sabia?'

M.P. disse...

Nunca consegui entender a necessidade que algumas mães têm em mostrar aos outros e ao mundo que dão de mamar aos filhos. Até pelo facebook fora espetam fotos dos filhos agarrados à mama. Para quê? Com que necessidade e com que finalidade? Afinal dão de mamar pela ternura do momento em si e pelos benefícios do leite materno ou para poderem exibir esses momentos nas redes sociais e afins? Amamentei o meu filho até ele deixar de querer. Nunca o deixei passar fome. E nunca lhe neguei dar de mamar. Mesmo se estava num sítio público. Cheguei a estar num restaurante e a sair com ele para lhe ir dar de mamar ao carro.

Nany disse...

Amamentar em público nunca me chocou, mas muitas pessoas confundem o acto de amamentar com o acto de ostentar as mamas.
Hoje em dias existem locais onde mãe e bebé podem estar mais confortáveis no acto da amamentação. Mesmo assim algumas pessoas nem se dão ao trabalho.
Eu defendo a amamentação sempre que o bebé pede e onde calhar, mas por uma questão de conforto de mãe e filho, porque não recatarem-se. Não é enfiarem-se num buraco, é agirem normalmente, se for preciso tapando a mama.
É que se é normal amamentar, não é normal andar a ver as mamas das outras. Eu amamento, já tive do fazer em público mas não expus as mamas a quem passasse.
Bjs

ana disse...

Não amamentei quase nada por isso não tenho experiência própria, mas não me choca nada ver mães a dar de mamar em espaços públicos, desde que o façam com algum recato - o que quase sempre vi acontecer. A atitude do papa Francisco reforça a mensagem de que o corpo humano é algo de belo e poderoso, não é sujo nem tem de ser escondido a todo o custo. Parabéns ao papa por saber distinguir o essencial do acessório.

Bonitinha disse...

Maggie, apaga isto, como diria a outra anônima para mim. Já pensou se um taradinha coloca em um fórum de amamentação? Tinha centenas de comentários fofos como os que ganhei!
ps: é só ironia mesmo heheh.
beijinhos

Maggie disse...

sabes Nyne já estou perto dos 40 cansei de hipocrisia e de falsos moralismos. Este espaço é meu, era só o que faltava eu não escrever o que me apetece, ainda sou livre. Agradeço a tua sugestão mas deixá-las pôr onde quiserem, nos foruns, nas tvs….
beijinho para ti

Maggie

Bonitinha disse...

Não foi uma sugestão, mas uma brincadeira. Obviamente não tens de apagar nada. E olha que eu até era daquelas que dava de mamar sem vergonha e não me senti ofendida nem nada ;)
beijinhos

Vidas da Nossa Vida disse...

Eu sempre amamentei onde estava sem problemas nenhuns: na praia, em jardins, em festas, casas de amigos e família, em restaurantes e só uma vez, à beira da piscina do aldeamento, é que um amigo ficou um pouco atrapalhado e se afastou discretamente, mas eu estava tão envolvida no momento que nem me apercebi e uma amiga nossa é que comentou comigo. Aconteceu-me vezes estar a dar de mamar e ninguém à volta se aperceber e acharem que ele estava apenas aninhado. Era verão e as túnicas ajudaram imenso. No Inverno, com o mais velho, tive mais dificuldades e dava mais de mamar em casa, mas também era por ser o primeiro.