quarta-feira, fevereiro 19, 2014

as minhas anónimas da hora do jantar vivem numa realidade paralela


Quando venho aqui falar alguma coisa normalmente são desabafos, alguma coisa que eu vi ou vivi e que me apetece falar sobre isso, são partes soltas de histórias, não é a história completa. Ainda assim e porque gosto de falar e falo que me desunho, gosto de ouvir e ter feedback mas caramba vir aqui deixar comentários romanceados irra já não há quem aguente. Já percebi que ás minhas anónimas não lhes faz falta o dinheiro, porra eu faço um desabafo sobre os preços das consultas, medicação e afins e como retorno recebo que o dinheiro só traz felicidade a quem não tem mais nada?! irrra, pois a mim o dinheiro traz-me muita felicidade, e eu tenho o que falou: família, amor e saúde, … e ainda mais felicidade me daria se o tivesse aos pontapés, é que o dinheiro pode ajudar os outros, o dinheiro não serve só para ter alguns luxos, e o dinheiro ainda compra saúde caras amigas, infelizmente é cada vez mais assim ! Acho admirável que tendo tudo o resto, as minhas anónimas vivam bem sem dinheiro, viverão numa sociedade de trocas? se quiserem ensinar-me como viver sem um tostão, estou disponível.
Foi só um desabafo, como muitos outros que poderia ter deixado.

Beijinhos

Maggie

2 comentários:

Flor Guerreira disse...

Ainda não consegui perceber porque lhes dás tanta atenção.

Maggie disse...

Acho-as tão ridículas que deviam ser objecto de estudo, é o meu lado de psicóloga /socióloga a entrar em acção.

Bjos

Maggie