sexta-feira, fevereiro 07, 2014

e ciúmes hummmm, quem tem ?


Não e possível passar pelo dia dos namorados sem tocar no tema dos ciúmes, não é verdade?
Então cá vai: eu Maggie aviso já que sou do pior. Sou ciumenta, ciumenta e ciumenta ahh e massacrante. Não me calo, sou chata mesmo, é preciso uma paciência para me aturar,... esta relação só pode mesmo ser um grande amor, que outro homem me aguentaria?  E nem é preciso ser uma mulher linda e maravilhosa, não não qualquer matrafona sem graça, mal vestida, com cabelo palha de aço, e uma pele horrorosa consegue deixar-me insegura, irritada e com um humor de cão. 

Espelho meu, espelho meu haverá alguém pior do que eu?

Bom fim de semana

Maggie

5 comentários:

Anónimo disse...

eu nao sou ciumenta..nao tenho motivos para isso...e sinceramente ainda não me dei de caras com nenhuma mulher q me deixe insegura e eu nem sou bonita por aí além lolol

p* disse...

Para mim os ciúmes são provocados pela pessoa que os causa. Claro que há pessoas mais ciumentas (inseguras) e menos ciumentas (mais seguras) mas cabe ao outro mostrar que não há motivos para ter ciúmes (ou então não...) Também há quem só com ciúmes se sinta amado (mais outro inseguro). Um ciuminho pequeno é saudável, demasiado e obsessivo é doentio. Se há motivos reais então é melhor a relação nem existir, acho eu.

disse...

Eu cá também sou uma dessas pessoas impossíveis de aturar mas tenho alguém que faz isso na perfeição!...loooll

E sim sou ciumenta!

Na minha opinião ciume faz bem apimenta a relação...hehehehe :)

Ah e também ainda gosto de me produzir como naqueles dias em que ainda éramos apenas namorados!...
E que bom sabe aquele elogio Eu gosto e ao que parece Ele também!!... hihihi ;)

Monotonia é pra esquecer!
A camisa é linda!
Bj

Sónia disse...

Só sente ciumes doentios quem não tem confiança e sabe que o outro pode trair. A mulher não tem de se sentir só segura de si mas segura do homem que tem. Se tem muito ciume é porque não está segura que o homem lhe vá ser fiel. Facto.
Já senti ciúmes assim e no final percebi que tinha motivos para isso. Até que encontrei o meu marido e fiquei "curada" e percebi que era porque sentia o que nunca tinha sentido por outro, confiança.

Anónimo disse...

Já senti ciumes há muitos anos atrás. Não gostava de ser assim. A verdade é que não me sentia segura com o meu ex-namorado. E isso não me fez feliz. E resolvi ir à procura do que era melhor para mim - um amor tranquilo.