terça-feira, fevereiro 25, 2014

eu e elas


Com um pai daqueles que era o melhor da sala, que tinha muito bom a tudo e mais alguma coisa, as minhas duas filhas logo haviam de puxar a mim que sempre fui faladora, brincalhona, distraída e muito alegre.
Está bem que cada criança tem o seu ritmo, mas podiam ter puxado o ritmo do pai! (dei-me eu ao trabalho de procurar um homem que cumprisse os requisitos, e afinal… ha ha ha ha ha)


Maggie

1 comentário:

Maria João disse...

Hahahaha!! Por aqui penso o mesmo. Um pai calminho, paciente e que fala baixo. Filhos "hiperactivos", chatos, que não param de falar e alto :)