terça-feira, abril 29, 2014

e o que é isto do amor incondicional?


Será que existe ou será mito? 
Claro que uma mãe gosta muito dos seus filhos isso não está em questão, mas existe amor incondicional para lá dos … 10/12 anos? apartir do momento em que começam a crescer e a revelar a pessoa que são ou a pessoa em que estão a tornar, será possível existir só o tal amor incondicional? não me parece. Então uma mãe não tem o direito de se desiludir com o filho? é que disto não se fala é tabu mas fala-se de filhos desiludidos com os pais, ahhh isso já não parece mal! Uma coisa é gostar e apoiar, ajudar e tentar orientar vezes sem conta, mas amor incondicional? isso existe quando se chega á adolescência e depois á idade adulta? se existe não me parece lá muito saudável, para a mãe !
Cá para mim o amor é sempre incondicional até um dia…, em que passa a condicional :)

Bom dia

Maggie

11 comentários:

Anónimo disse...

Não percebi, só podemos amar incondicionalmente os filhos até os 10/12 anos? Isso quer dizer o quê? Que os filhos tem datas de validade? Tenho 28 anos e ainda oiço a minha mãe afirmar que ama a mim e aos meus irmãos incondicionalmente, diz e age como tal.
Hoje não estamos de acordo.
Beijinhos na mesma:)
Lu Kerr

Maggie disse...

Olá Lu, não temos que pensar todas o mesmo. as nossas vivências não são as mesmas, e a sensibilidade também não!
Claro que os filhos não têm data de validade, o que eu quis dizer é que é muito fácil ama-los incondicionalmente quando ainda são pequeninos e ainda têm muito de nós Pais, qdo começam a crescer é que é mais complicado que a incondicionalidade se mantenha.
Bjos

Maggie

Nany disse...

Claro que nos podemos decepcionar, mas se entendi as tuas palavras é o facto de não podermos verbalizar essa decepção porque senão já não gostamos dos filhos e parece mal, será isso?
Gostar dos filhos não significa que não se ralhe, não se ponha de castigo, não se dê uma palmada e mesmo que não existam decepções. Tal como o contrário se aplica. Gostar não é fazer todas as vontadinhas para não decepcionar a criancinha, tenha ela 2 - 12 ou 20 aninhos.
Bjs

Anónimo disse...

Eu acho que a Maggie é daquelas pessoas que acha que todos os temas, sentimentos, ideias, etc...são absolutos! Faz sempre as suas questões como "será que existe, será verdade" Não compreende que tudo na vida é relativo. O amor incondicional também. Algumas mães amam os filhos incondicionalmente e outras não. Porquê? Só cada um pode saber. O que cada um de nós não pode é julgar os outros, e muito menos os sentimentos dos outros, só porque são diferentes dos nossos.
Eu amo os meus filhos incondicionalmente e a minha mãe ama-me incondicionalmente, sim existe o amor incondicional, não é mito, mas obviamente nem toda a gente o sente!

Anónimo disse...

E não, não é saudável para a mãe amar incondicionalmente seja em que idade for. Amar incondicionalmente dói e faz sofrer. Seja quando são crianças, seja quando são adultos. É maravilhoso e assustador, traz felicidade e angústia. Existe um poema de Coelho Neto, com um verso que explica muito bem o amor incondicional de mãe:

Ser mãe é andar chorando num sorriso!
Ser mãe é ter um mundo e não ter nada!
Ser mãe é padecer num paraíso!

O amor incondicional, é relatado por mães desde a existência da humanidade. Só quem não o sente, duvida dele!

Anónimo disse...

Claro que uma mãe tem o direito de se desiludir com os filhos, mas não é por isso que o amor passa de incondicional para condicional. Isso poderia acontecer se fossemos máquinas, enquanto seres humanos acho completamente impossivel. Em minha opinião este post foi escrito de uma forma um pouco leviana. Evidentemente que não vai concordar, tb não espero que o faça, mas se torna pública a sua ideia está sujeita obviamente á opinião de quem a lê. " Quem não quer ser lobo, não lhe vista a pele"...

Maggie disse...

ao anónimo das 17:01, claro que este post não foi escrito de forma leviana mas como o anónimo não sabe a que me refiro porque eu não contei a situação em concreto, não está a perceber. E ainda menos percebe porque pensa que só falo de mim, na verdade muitas vezes falo de situações que conheço e que me merecem atenção, interesse.

Bjos

Maggie

Anónimo disse...

amor incondicional sentem os filhos pelos pais..e amor é algo q n se consegue discutir..cada um sente de forma diferente..julgo eu

Paula disse...

Eu vou gostar sempre dos meus filhos (sim, o amor de mãe é incondicional), o que não quer dizer que não me possa zangar se não forem honestos e boas pessoas, tal como me zango agora quando se portam mal.
vidademulheraos40.blogspot.com.

p* disse...

Amor incondicional é amar-se alguém sempre, para sempre. Todos temos qualidades (que são fáceis de amar) e todos temos defeitos (que só quem nos ama incondicionalmente aceita e continua a amar da mesma forma). Acho que há quem saiba amar condicionalmente mas há quem só saiba sobre o amor porque se escreve e fala sobre ele, não porque o viveram...infelizmente. Não há prazo, desilusões, aparências que acabem com um amor quando este é incondicional. Amor condicional penso que nem exista tal coisa!! O amor não pode ter limites! Até é estranho pensar que possa ter!

Anónimo disse...

alguem q continua a amar loucamente depois de fortemente desiludido.procure um psiquiatra pq tem falta de amor proprio.
o amor esmorece mesmo quando é entre pais e filhos se n for respeitado e cuidado e vai à vida como qq outro amor.. alem disso as maes q mais bradam o seu amor pelos filhos aos 4 ventos são as q menos fazem e se preocupam com eles.
tanta hipocrisia nesta net..