quarta-feira, abril 23, 2014

tudo o que temos cá dentro … (livro do Dr. Daniel Sampaio)


bem guardado, escondido tão escondinho que ás vezes nos esquecemos onde guardámos aquela memória e já nem nos lembramos dela, mas está lá. Ás vezes guardamos tanto que mais tarde algum profissional diagnostica uma depressão, outras vezes não, sabemos lidar com os nossos medos, frustrações e anseios, sabemos até que ponto podemos visitar os nossos próprios fantasmas e sabemos parar e voltar a arrumar. Não é bom viver com tanta coisa cá dentro, ás vezes fica tão confuso que precisamos de falar, de partilhar, de mandar cá para fora porque ás vezes já nem sabemos quem somos. É preciso abrir uma pequena janela e deixar sair alguns, daqueles mais antigos que estão lá arrumados á mais tempo, e é preciso abrir um bocadinho mais a janela para poderem também entrar as coisas boas. Deixar entrar sorrisos, graças, boas ideias e crescer mais feliz. Ás vezes esquecemo-nos que é bom sonhar, e que sonhar nos traz felicidade e motivação. Ás vezes ficamos tão presos ás memórias más que não nos permitimos ser só nós, somos nós e os fantasmas agarrados. Acredito que custe rodar a chave e  a abrir o baú, acredito que visitar o que temos cá nem sempre nos seja agradável é primeira vista mas também acredito que nos liberta, que nos deixa mais leves e que nos faça voltar a encontrar quem somos.
Este foi talvez o melhor livro que li, o livro que me mostrou que ninguém é aquilo que aparenta ser, que todos guardamos fantasmas, que todos repetimos padrões e que por isso mesmo ás vezes volta tudo a acontecer.

Bom dia


Maggie

Sem comentários: