terça-feira, junho 17, 2014

alguém sabe?


Alguém sabe explicar porque assumimos como nossos os sucessos e os insucessos dos nossos filhos? e porque será que colocamos em causa o nosso trabalho de pais quando a vida escolar ou social das nossas crianças não corre bem, (se a vida é delas e só delas)? podemos ajudar, devemos orientar, e tentar ensinar mas são elas que estão a crescer todos os dias, que andam na escola, que fazem ou não  amigos aqui e ali. Estão cada dia mais autónomas, cada dia mais elas próprias e por isso têm o direito a receber todos os louros e todos os ralhetes, afinal são elas que estão a ser avaliadas na escola, nos recreios e pelos amigos. O nosso papel de pais é cada vez mais secundário no sentido de orientar de longe, de aconselhar mas de as deixar viver a vida delas. Ensiná-las a escolher os caminhos mas deixá-las caminhar sozinhas. Mas pronto, mãe é mãe e fica assim muito feliz ou muito triste pelos filhos!

Ahhh só para dizer que a minha Micas teve boas notas, muito boas :) vá-se lá saber porquê?! e eu aqui: feliz!
(que chatice lá vai a Professora ter que engolir em seco)

Bom dia


Maggie

2 comentários:

Anónimo disse...

Se está feliz pq sente necessidade da professora se sentir assim ou assado? acredita mesmo q a professora se importa com as suas filhas ou de quem quer que seja?
tenho uma profissão complicada e muita gente julga que me importo com tudo o que me passa pelas mãos, mas não, se me importasse já não conseguiria trabalhar há muitos anos..
acredito q com os professores é exactamente a mesma coisa, fartinhos devem eles estar destes pais de hoje lol

Nany disse...

Parabéns à tua Micas que independentemente das avaliações o mérito é dela.
Bjs