quinta-feira, junho 12, 2014

das marchas de Lisboa


Eu gostava que as minhas filhas fossem tão alfacinhas como eu, nisto das marchas. Não torço por marcha nenhuma porque não torço por bairro nenhum, mas gosto das musicas, das danças, dos fatos e de as ver descer a Avenida. Esta é a nossa cidade, a minha e a delas, já que fiz questão que nascessem em Lisboa. Eu bem apelo a isso, bem digo que Lisboa é a nossa cidade, já lhes falei do Sto António, o nosso Santo, mas nada. Já apelei ás vestes assim para o piroso, até defendi os casamentos de Sto António, e achei que quando falasse de casamentos a minha mais nova ia achar graça mas também nada. E eu que gosto tanto dos manjericos com as quadras "pirosas-romanticas", dos balões a enfeitar as ruas dos bairros e do cheiro a sardinhas a entranhar-se na roupa … De Lisboa e dos bairros típicos têm o falar alto e o serem espalhafatosas mas não vejo mais nada :(


Maggie

Sem comentários: