quinta-feira, junho 19, 2014

Maggie sempre a aprender ...


Eu já sabia desde o ano passado que ainda se usava pimenta na língua quando os meninos diziam uma asneira, agora que a escola tinha malaguetas de reserva para o mesmo castigo desconhecia. A sério não acho mal mas é daquelas coisas que não sei se ria ou se chore. Nem sei o que pensar, na realidade nem achei assim um escândalo na medida em que falamos de crianças educadas em ambientes considerados normais, onde os palavrões não existem, ou não são de uso corrente. Muitas vezes os palavrões são aprendidos na escola com outros colegas e muitas vezes colegas mais velhos, pelo menos as minhas filhas nunca ouviram palavrões em casa. Elas nunca ouviram dizer aquilo, não sabem o quanto é grave e por isso fazer disso um drama parece-me too much. É avisar que aquilo não se diz e siga. Entre isto e o ir á Directora não sei, olhe disse eu á professora : "faça as duas coisas, meta-lhe uma malagueta na boca e mande-a á Directora, mas pelo lado do recreio sem chafariz, também fui mázinha, a ver se a miúda não torna a repetir a asneira! Se voltar a repetir a graça a conversa já é outra". O que vos apetece dizer sobre isto?

Bom resto de dia


Maggie

6 comentários:

Anónimo disse...

o que eu acho é q ninguem admite q diz palavroes nos blogs com a esperança que alguem acredite q é da alta sociedade lol e depois há aquelas q falam" aqui como camionistas pq tb se julgam da alta lolol
depois as crianças aprendem os palavroes como é natural onde os ouvem e isso é o q menos interessa, acho q o importante é se os pais considerarem importante, não deixar falar mal em ambientes q n devem.. nem com pessoas q n sejam da idade deles etc.. falta de educaçao passa por mta coisa..ha gente q nao diz palavroes e sao mais mal educados q os q dizem

Timtim Tim disse...

O que me oferece dizer sobre isso é que é uma coisa natural dado que convivem com outros miúdos. Eu não dou nenhuma importância e siga a marinha. Num instante deixam de dizer. Agora, pimenta na língua ou ir à directora??? Só lhes faz mais vontade de dizerem....que coisa mais arcaica em termos pedagógicos.

ana disse...

Parece-me que quando se tem capacidade económica para escolher um BOM colégio, se deve escolher um BOM colégio...e desculpa a sinceridade...
Quanto aos palavrões, todas as crianças os ouvem e conhecem (a menos que sejam surdas), podem é não dizê-los e a maioria não diz. Santa paciência, que importância isso tem? Eu não admitiria que castigassem assim uma filha minha, tinham que ouvir e não era pouco.

mumdream disse...

Tenho um filho com 3 anos que já aprendeu alguns palavrões, e mesmo depois de eu lhe ter explicado que são palavras feias e não se dizem, continuou a dizê-los. Aí tive de agir e dei-lhe uma malagueta. A resposta dele:
- É delicioso, mãe...
O que se faz num caso destes???
Comecei a ignorar, e parou de dizer palavrões. O que é certo é que não acho que seja assim tão grave, mas pode ser bastante embaraçoso. Daí a ser a escola a usar malaguetas como castigo, ainda por cima quando sabem que a criança está a repetir o que ouviu e que nem sequer sabe o significado da palavra, acho um bocadinho demais...

Maria João disse...

Pimenta?? Malaguetas?? Em pleno século XXI, quando tanto se fala em pedagogia e psicologi no que toca á educação das crianças os preofessores usam pimenta nas escolas?? Desculpa Maggie mas acho tão estranho aceitares isso. Se fosse no país onde vivo seria um escândalo e acho que seria considerado mesmo maus tratos!! Agora vou ler o resto do post, porque só fiquei pela parte do uso de pimenta na escola e vim aqui opinar!!

Maria João disse...

Pronto, já li o resto. Lol. Apetece-me dizer que eu digo imensos palavrões, por vezes em frente aos meus filhos quando a mostrada me sobe ao nariz, e nunca nenhum dos palavrões foi repetido. Só porra ou possa!! A escola serve pa isso mesmo. Ensinar o bom e o menos bom que aprendem uns com os outros. cabe ao professor na escola e aos pais em casa, explicar o que se deve ou não dizer e o porqu~e e o que se deve ou não fazer e o porquê. Não acho nada grave uma criança dizer um palavrão. Acho mais grave crianças que não são amigas, que são mázinhas umas com as outras, porque essas sim, sabem que estão a fazer mal. Agora um palavrão?? nem elas próprias sabem o que estão a dizer. mas pimenta e malaguetas?? A última vez que ouvi e presenciei isso foi há 25 anos atrás!!