quarta-feira, julho 23, 2014

chiques, chiques, chiques, adoro!


Estou cada vez mais convencida de que algumas das minhas seguidoras, aquela parte anónima que não me aprecia mas que também não me abandona é malta do jetset. Vai se a ver e é por isso mesmo que não se identificam, não vão ser reconhecidas nalguma Lux. 
É tudo gente para lá de chique. Dizia ontem uma a propósito de uma foto de uma casa de província que eu coloquei aqui há uns dias. Horrorizada é a palavra, a moça estava chocada por eu achar um luxo nos dias de hoje as pessoas que ainda têm a sorte de ter uma casa velha de família para passar as férias, e acho mesmo. Infelizmente eu não tenho essa sorte, tudo o que era de família foi vendido e gozado pelos donos ainda em vida. A mim não me chegou nada. Ora esta anónima amorosa se tinha uma casinha do género desfez-se logo dela, deve morar numa mansão lá para os lados da Quinta da Marinha e tem com certeza uma casa em Ibiza para as suas férias, e por isso mostrava-se horrorizada com a minha alegria numa simples casa Alentejana. Para ela só hotéis 5 estrelas, dizia. Pois muito bem, eu passo férias a Sul e fico á espera de a ver a banhos lá na praia do Ancão,  quando você estiver hospedada no Conrad na Quinta do Lago, antes de seguir para Ibiza, claro hahahaha..Primeiro tratou logo de assumir que aquela casa era minha, não não era, e depois vai de deitar tudo a baixo. Vivemos numa época de crise, mas eu tenho as leitoras mais abonadas da sociedade, ai tenho, tenho. 
Obrigada pá, que orgulho tão grande!

Bom dia

(É como diz a minha amiga Paula, eu podia ter outro hobby qualquer mas nenhum seria tão divertido como ter um blog, este blog)


Maggie

7 comentários:

ana disse...

Mas olha que não trocavas a casinha da Quinta do Lago pela casinha velha na aldeia- e fazes bem!!! Eu não trocava de certeza, pena não ter nenhuma das duas :-)))

Maggie F. disse...

Não troco não ana, que aquilo é um verdadeiro sossego mas adorava ter uma casinha antiga que tivesse sido dos meus avós. Acho tão bonito ter raizes nestas aldeias, isto de ser de Lisboa é quase não pertencer a lado nenhum!

Bjos

Maggie

Na Província disse...

Mais nadaaaaaaaaaa lol lol lol

David Cabanas disse...

Concordo contigo...acho muito interessante ter raízes...cuidar delas...mante-las e passa-las às novas gerações!!!

Rita* disse...

Quem me dera a mim!!! Mas podia ser um bocadinho mais para cima, que a Sul já eu estou ;).
Beijinho

Patrícia Teodoro disse...

Tu já sabias que eu era rica..agora não te ponhas com cenas comigo...queres ir dar uma volta de iate este fim de semana???

marina maia disse...

Pois olha eu não ligava nenhuma à casa dos meus pais, detestava lá ir e agora adoro!!!
E faço questão de ficar com ela para sempre!!!
Mas também sou uma pessoa bem simploria...
Beijinho