terça-feira, julho 08, 2014

hoje o dia não está fácil


O meu patudo mais velho está doente, desde sexta feira que está a fazer medicação injectável, e a colocar um monte de pomadas. Tudo ia bem até ontem quando deixou de comer. Novamente analises, (tinha feito na sexta feira), pica uma pata, saem 3 gotas de sangue, tosquia e pica a outra pata mais 3 gotas de sangue, diz o veterinário que está com hipotensão mas que 6 gotas de sangue já dão para a análise. Espero 30min. pelos resultados e as analises de hoje estavam até melhores que anteriores. Não há motivo para não comer. Lá vai a Maggie insistir na alimentação. Farmácia: a menina com idade para ser minha filha, (não sei que raio de miúdas tem este farmacêutico a atender), não sabem nada de nada. Eu peço uma seringa de alimentação, repito 3 vezes e ela insiste as mesmas 3 vezes em seringa de amamentação, estou stressada mas não senil. Depois toca de passar pelo supermercado que o meu Pu adora fiambre de peru e fiambre de peru o veterinário diz que pode ser. É o desespero para ele comer, com a seringa sozinha não me oriento, é preciso alguém que segure no cão, desisto. Faço uma papa/sopa de ração seca para doentes renais, (a que ele habitualmente come), com o fiambre de peru, com uns bagos de arroz e uns biscoitos de cão triturados, limpa tudo. Estou tão feliz! Cansada mas feliz. 
Quem gosta de animais sabe o valor destes amigos e este cão é muito importante para mim.


Maggie


5 comentários:

rosa_chiclet disse...

As melhoras rápidas..
custa tanto ver os nossos bichinhos assim :(

kisses***

vera disse...

AS melhoras do canito, Maggie.

Mary disse...

Aiiiii estes nossos patudos...as melhoras do PU.

Maria João disse...

Já tive o meu doente e sem comer e só me apetecia dar-lhe papinhas e bolinhos, claro que ele não os comia e era um desespero. As melhoras para o patudo.

Bonitinha disse...

Como ele está Maggie? Entendo a tua preocupação, a minha coelhinha com três avcs também precisou que fosse um pouco enfermeira. Espero que ele melhore, custa muito ver eles sofrendo, são quase bebês de novo dependendo de nós....beijinhos