sexta-feira, julho 18, 2014

isto de ser uma mulher independente, tem tanto que se lhe diga … 2

(de volta ao tema da independência financeira nos casais)
Pois aqui o que nos distingue é o significado do palavra independente. Para mim ser independente não é só ganhar um ordenado seja ele qual for, isso não faz de ninguém independente. Ser independente é poder bater com a porta e fazer vida em qualquer outro sitio, e isso não se faz com um ordenado qualquer. Só ganhar para os alfinetes como se diz não chega, é preciso que dê para pagar uma casa por mais simples que seja e comer o mês inteiro. Menos do que isto não é ser independente, é só viver na ilusão! 
Isto talvez explique porque há tanta mulher e já alguns homens vitimas de violência doméstica mas que se deixam estar ali na mesma casa, e acabam como tantos que temos visto nos jornais. É fácil falar, apontar o dedo, não compreender porque continuam juntos na mesma casa, ou as vitimas de violência doméstica são todas domésticas, caramba não haverá uma que trabalhe? ai se trabalhar fosse ser independente,  …


Maggie

4 comentários:

Nany disse...

Por isso é que considero que somos co-dependentes.
Porque pensas que os casamentos antigamente duravam mais: e não me venham com a de que as pessoas casavam para a vida, e que tuso se fazia por amor, e que se investia na família. Uma grande parte era porque a smulheres não trabalhavam e iam para onde com os filhos, ou mesmo sem eles, para debaixo da ponte? Viviam de quê?
Bjs

Anónimo disse...

considero as mulheres da actualidade mais dependentes q as de antigamente q carregavam a cruz mas eram fortes e protegiam os filhos..as de agora podem recorrer a ajudas. trabalham e podem ser protegidas e são fracas e fingem ser felizes mesmo cheias de dinheiro e fazem os filhos infelizes..
casos como o da barbara guimaraes por ex existem aos montes e essa só fugiu pq daqui a uns anos tinha um velho senil para apresentar à sociedade lol

p* disse...

Pois é! E é grave até pensar no assunto. Quase ninguém que eu conheço mais próximos de mim (homens ou mulheres) não são independentes verdadeiramente. Muitos até contam com a ajuda dos pais então se se separaram...é para esquecer. Muito triste.

p* disse...

Sobre os comentários do antigamente: antigamente qualquer separação era mal vista, não era pela independência financeira até porque as famílias (mães, pais, sogros) podiam viver todos na mesma casa.
Anónima: casos barbie guimarães são casos de mulheres não muito seguras (ou que passam por um período mais vulnerável) e ficam mentalmente dependentes de alguém.