quarta-feira, julho 23, 2014

voltar a casa


( no seguimento do post sobre as casas de férias antigas )

Para mim é importante conhecer as nossas raízes, conhecer um pouco de quem foram os nossos bisavós, já que avós felizmente aqui em casa todos tivemos a sorte de conhecer. 
Saber o que faziam e onde moraram. Mostrar-lhes onde cresceu e brincou o avô que elas conhecem e os tios avós. Mostrar-lhes uma casa da familia, da minha família. E o que eu gosto da palavra família.
Hoje aproveitando o facto de ter que ir a Carcavelos lembrei-me que afinal ainda tenho algo que posso mostrar ás miúdas. A casa dos meus avós, que ainda lá está de pé e no mesmo sitio. A casa ainda está na família quase inabitável mas são tantos os herdeiros que para a vender não daria nada de jeito a cada um, por isso a casa ali vai estando, velhinha muito velhinha, e nada mais divertido do que ir até lá com as miúdas. Com sorte ainda vejo a minha tia avó á janela, e explicando bem quem sou talvez me deixe mostrar o terreno que existe dentro daqueles  portões. Para mim é importante saber de onde vim e faço questão que para elas também seja interessante descobrir bocadinhos da história da nossa família. Com 8 e 7 anos começa a ser altura de crescer e de conhecer melhor quem são, para que "mais fortes" possam conhecer o mundo!
Um programa giro para uma tarde de férias ;)

Até mais logo


Maggie

1 comentário:

Timtim Tim disse...

As minhas conhecem bem essas coisas todas. Faço questão.