segunda-feira, setembro 29, 2014

é ele e eu ...


O Dr. Eduardo Sá diz que não gosta de crianças certinhas, nem ele nem eu, afinal quem é que gosta de crianças certinhas? 
E a quem servem as crianças certinhas, ( aquelas que aparentemente não dão trabalho nenhum) ? 
Todas as crianças dão trabalho, mas as certinhas darão um dia muito mais trabalho que todas as outras!



Maggie

6 comentários:

São Gémeos disse...

Gosto, gosto muito! Eduardo Sá no seu melhor. :)

Anónimo disse...

Felizmente tenho crianças certinhas, alegres e bem dispostas . E se agora ser mal educado e dar problemas é um orgulho vou ali e já volto lol
Inveja agora tem outro nome haha ha aha

Maggie F. disse...

Não lê o Dr. Eduardo Sá senão saberia o que ele quer dizer com crianças certinhas. Não tem nada a ver com educação ou falta dela. Eu também tenho filhas bem educadas, alegres e bem dispostas mas não certinhas graças a Deus.

Bjos

Maggie

Rita_in_UK disse...

Imagina o meu melão quando lá cheguei para ele me "acertar" a minha Maria. Afinal parece que a desacertada... Sou eu, lol!

Anónimo disse...

Eu tenho 3 filhos e um deles é uma criança certinha. E eu leio Eduardo Sá e sei o que é uma criança certinha e o que de menos bom isso implica, principalmente para a própria criança. Mas estamos a lidar com isso da melhor forma que sabemos e a tentar contornar as dificuldades que ser uma criança certinha traz. Mas nunca vão ouvir-me dizer que não gosto de crianças certinhas, porque isso implica dizer que não gosto do meu filho...Poderei eventualmente dizer que preferia que o meu filho não fosse tão certinho, ou que não gosto que as crianças sejam tão certinhas. Mas ele é e vamos ultrapassar isso juntos e com as "desacertadas" das manas a ajudar :) São maneiras de dizer as coisas, eu percebi, por isso claro que não me ofendi. Mas como sempre é preciso ter algum cuidado porque rapidamente se pode passar da opinião à ofensa...e isso não é assim tão pouco frequente por aqui!

Maggie F. disse...

Cara anónima as pessoas só se ofendem porque gostam de complicar. Este blog não tem entrelinhas, digo o que escrevo e não tenho por hábito dar a entender nada, digo e está dito.
Quanto ás crianças certinhas, as minhas filhas não o são, mas eu fui uma criança certinha e sei o quanto isso pode ser mau e limitativo para a própria criança. São temas deliciados claro que são mas eu gosto destes temas do universo da personalidade infantil, ou não fosse essa a minha área.
Nunca disse que os pais não gostam das crianças certinhas atenção, claro que todos os pais gostam dos filhos mas se os puderem ajudar a ser mais livres e soltos, melhor.
Agradeço o seu comentário mas acredite que aqui não se ofende ninguém, regra geral as pessoas ofendem-se por qualquer coisa quando estão mais sensíveis.
Deixo-lhe um beijinho

Maggie