domingo, setembro 21, 2014

nenhuma mulher, ( e já agora nenhum homem) deviam perder este espectáculo !

Sinopse
Marta de Quadros Ferro Gautier nasce em Lisboa em 1976. No ano de 2000 licencia-se em Psicologia Clínica no ISPA. Em 1998 escreve e lança o seu primeiro livro "Desculpe lá mãe" e em 2009 lança o seu quarto livro, "Não há famílias perfeitas" pela editora Objectiva, resultante da sua experiência e formação na área de Competências Parentais. Em Novembro de 2011 lança o seu último livro "Gosto de ti assim", o diário de uma mulher em 30 dias, romance resultante da sua experiência de consultório em acompanhamento psicológico individual.
Estreia em Novembro de 2011 no Teatro A Barraca, um monólogo cómico sobre as mulheres e as suas relações intitulado “Vamos lá então perceber as mulheres...mas só um bocadinho”, esgotando a bilheteira logo a partir do 2º dia de actuação. Em Fevereiro de 2012 o seu monólogo passa para o cinema São Jorge, onde, até hoje, tem esgotado sempre a sala e desde Abril de 2012 apresenta-se com regularidade no teatro Confluência, em Cascais, também com salas sempre esgotadas. Chegamos a 2013, o ano da "tournée", o ano da circulação pelo país deste seu monólogo em forma de palestra, “Vamos lá então perceber as mulheres...mas só um bocadinho”.
Cidades como Beja, Faro, Guimarães, Porto, Braga, Estarreja, Lagoa, Figueira da Foz, Caldas da Rainha entre muitas outras, terão oportunidade de ver Marta Gautier em palco a, literalmente, dissecar o que de tão complexo se passa no universo pessoal feminino: desde as nossas vivências enquanto amigas, passando pela nossa juventude, a nossa experiência da maternidade e sim , o casamento...e um dos grandes méritos desta peça é que finalmente os homens percebem o que se passa com as mulheres...mas só um bocadinho.
Mais de 25 mil pessoas já viram esta peça!
"Será que as mulheres ficam mesmo, mesmo felizes quando têm um filho?" "Não há nada como crianças com um nadinha de febre. Aquele 37.8º que não chega para nos maçar a termos de ir para o hospital, mas que as mantém assim paradas, mortiças, um amor."
"Quando é que os homens vão aprender que não é para dizer frases assim: 'Relaxa querida'. ou 'Estás mais calma?' Porque é que isto nos enerva tanto? Porque somos todas desequilibradas…mas achamos que ninguém sabe."


Bom, muito bom, divertido, revelador, desafiante, bem humorado e merece mais do que os 10€ de cada bilhete. Saímos de lá mais leves e de sorriso na cara. Marta Gautier no seu melhor!

Maggie

Sem comentários: