terça-feira, outubro 14, 2014

as duvidas que ás vezes as mães podem ter

E eu tenho. Muitas. Aparentemente tenho feito tudo bem, ou isso ou a genética, as minhas filhas são boas meninas, crianças de bom coração, ajudam todos e preocupam-se realmente. Se estou contente? sim por um lado sim mas por outro ás vezes fico a pensar senão devia criar umas "sacaninhas"é que fico com a ideia de que eram capazes de ser mais bem sucedidas pela vida fora. Gente boa raramente consegue vingar, e eu olho para elas e só vejo bondade, honestidade e integridade, e assusto-me. Isto é prepara-las para a vida? se calhar não é. Enfim é confiar que a vida lhes mostre o quão dura pode ser da maneira mais suave possível.
(E tentar não pensar muito nisto)


Maggie

2 comentários:

Anónimo disse...

oh meu deus, já lhe foi explicado mil vezes ! que o "a" sozinho (ou acompanhado de um "s", vá) NUNCA tem acento agudo, mas sim grave. ja "duvida" terá o seu acentozinho agudo...

Maggie F. disse...

ohhh senhora, e você ainda não entendeu que eu estou-me nas tintas para as suas explicações de português? Eu compreendo, trata-se de uma professora de português não colocada e por isso tem que se ocupar com qualquer coisa, ou seja neste caso a corrigir os erros de português dos outros, é isso? tenho muita pena da sua situação, mas vá entreter-se para outro lado. Cansei-me de gente idiota cheia de manias. Eu lá preciso de aturar anónimas tontas ...
bjos
Maggie