quinta-feira, outubro 30, 2014

lamento muito mas vou ter que falar bem do SNS

Eu sei que criticas não faltam, eu sei que há tanta gente descontente ou serão só gente que protesta por dá cá aquela palha? é que quando as coisas são sérias e com solução, o SNS ainda resolve. Claro não somos atendidos na hora mas ainda somos bem servidos, caramba, temos que reconhecer. 
Ontem depois de mais de 5 horas na unidade de cirurgia cardio-torácica á espera de uma consulta fomos atendidas, bem atendidas e eu saio de lá sempre de coração cheio e com uma vontade imensa de agradecer. Que eu mulher de protestar mas também gosto de agradecer, e quando somos bem tratadas, quando nos olham na cara e nos dizem as coisas más que há para dizer mas com simpatia e educação tudo vale a pena e as 5 horas de espera ficam reduzidas a nada. Para já sou fã de gente nova, sou fã de médicos que tratam os doentes como gente e estes novos médicos tratam. Quem nos atendeu disse o que havia a dizer mas o choque foi amenizado pela calma em nos responder a tudo, pela preocupação em garantir que tudo irá correr pelo melhor, pela sua não mania de superioridade em achar que sabe tudo e por isso levantou o rabo da cadeira e foi-se informar do que se poderia fazer. Sim, esta gente nova tem tacto, e uma sensibilidade que deviam ter sempre existido. Sou fã desta gente que salva a vida dos outros, e sou fã de gente que sabe que está a lidar com gente. Custa-me olhar para os velhotes com cicatrizes ainda muito recentes no peito, custa-me, mas faz-me descer á terra, faz-me lembrar que devemos ser gratos pelo que temos e ao que ás vezes não damos qualquer valor. Também me doeu ver lá uma rapariga nova de cicatriz ainda muito recente mas que de tão magra (a cara de dor não enganava), só não gemia de dores para não parecer mal, mas era só olhar para ela. E eu sei que vai correr tudo bem mas se alguma coisa não correr eu também sei que tudo foi feito, sei que quem ali está tudo fará para devolver a vida a quem precisa. E só por isso já sou grata. Desde as administrativas aos médicos, agora só gente nova comparando com os médicos que lá andavam há 15 anos, são de uma simpatia e de uma humanidade que me deixam arrepiada. Obrigada. 

Bom dia mundo


Maggie

1 comentário:

Anónimo disse...

Obrigada pelo seu reconhecimento. Sou recém médica e sinto que por vezes ainda sofremos devido às atitudes dos médicos do tempo da outra senhora. Felizmente cada vez mais os médicos são como o que descreveu!