sábado, novembro 22, 2014

o mundo virtual pode ser verdadeiro?

pode, claro que sim. E pode tanto que ontem assim do nada apeteceu-me mandar um beijinho a uma amiga que conheço virtualmente há uns10 anos, talvez. Imagino que ande mais tristonha e achei que uma beijoca ainda que virtual seria animador. Conheço-lhe a cara das fotografias mas durante alguns anos nem imaginava como ela seria, podia ser gorda, borbulhenta, saloia, ruiva, … podia ser tudo que isso que não teria importância nenhuma, eu gostava dela como gostava de tantas outras (e gosto), só pelas palavras, só pelo que mostrava ser por dentro, e não é essa a verdadeira essência da amizade e do amor? o interior de todos nós, o que escondemos no dia a dia dos outros.
Gostar das pessoas pelo que elas são e pelo que elas sentem, sentir afinidades sem lhe conhecer os gostos do vestir, ou os gostos musicais. Num mundo virtual talvez se façam as melhores amizades do mundo, longe de caras simpáticas que não garantem boas pessoas. Trago pessoas no meu coração há anos, pessoas em que penso muitas vezes, pessoas a quem desejo o melhor, pessoas com que me preocupo como se fossem amigas muito chegadas ou mesmo irmãs. E são mesmo quase irmãs, são pessoas que me ampararam quando eu precisei, pessoas com quem partilhei alegrias, sonhos e com quem chorei. Pessoas que conheci na dor mas que desejo que se mantenham na alegria de todos os dias. Eu sei que elas sabem que eu gosto delas mas nunca é demais mandar uma beijoca, nunca é demais dizer que se gosta! O amanhã pode ser tão tarde … e eu não quero deixar nada por dizer, já dizia o outro e é tão verdade. Um dia vou encontra-la na rua, dar-lhe um abraço choroso, agradecer-lhe por tudo e por nada, e vou ficar tão feliz e em paz. Ás minhas amigas da APFertilidade, de quem tenho tantas saudades mando mil beijinhos, eu sei que ainda é cedo para o Natal mas para mim tal como para vocês, o Natal e a amizade não têm dia marcado. Obrigada.

Um sábado feliz


Maggie

1 comentário:

Bonitinha disse...

Feliz Natal para ti também,bém Maggie! Também conheci algumas pessoas virtualmente naquela época e gosto de até hoje saber qualquer coisa, como andam suas vidas e tal.
Beijinhos
Ps: agora que vi que mandei o outro comentário pela id do marido, enfim!