terça-feira, dezembro 09, 2014

mas o que é que estas mães têm na cabeça?

Chega a esta altura do ano e os fóruns de mães enchem-se de perguntas sobre as doenças dos filhos. Dá ideia que não estão para gastar dinheiro ou tempo em consultas médicas e vai daí resolvem perguntar umas ás outras se um remédio é compatível com outro, porque a tosse não passa, e se se costuma dar os dois remédios juntos ou separados, ou se se fazem aerossóis e que quantidades de medicação colocam para crianças de pouca idade, … Enfim, um sem fim de trocas de informação quer de sintomas quer de medicação. Troca de informação entre gente leiga, entre gente que não ausculta a criança mas que ainda assim dá instruções porque os seus já tiveram exactamente o mesmo. E gente que vai atrás do que outros dizem, colocando as suas próprias crianças em risco. É o pânico e o horror, medicam-se crianças em Portugal porque há amigos que opinam sobre o que dar aos bebés/crianças dos outros. E mães tão modernas, tão esclarecidas vão nisto. Acho aberrante e acho passível de denuncia. Interessante que se continue a discutir o amamentar e as mamas de umas e de outras e deste tema tão grave ninguém queira dizer um ai. É que isto de ter filhos dá trabalho pois dá, e consome tempo pois consome, e leva dinheiro pois claro que sim! E médicos pediatras, sabem para que servem?

Boa semana


Maggie

6 comentários:

Vidas da Nossa Vida disse...

É assustador, sim. Esperemos que um dia não haja um acidente.

Filipa disse...

Há duas semanas encontrei uma conhecida que tendo sido mãe pouco de pois de mim e como soube que o meu teve uma bronquiolite me perguntou o que é que eu lhe dava quando ele constipava, para evitar as bronquiolites. Eu fiquei parva. Eu só há pouco tempo e porque a pediatra me disse o que poderia fazer lhe dou a medicação de emergencia sem falar com ela. Mas agora ligar para alguem a perguntar o que lhe deva dar??? Nahh
Eu gosto de chatear a pediatra do meu filho e ainda gosto mais que ela o veja quando ele está doente. É caro, então não é...mas que se lixe o dinheiro. A saude em primeiro lugar!

Anónimo disse...

oh querida e preocupada Maguie,os foruns, o facebook, os blogs entopem de gravidas, maes , seja o q for é por solidao, por desemprego e por desocupaçao..nada mais do q isso... ou acredita mesmo q alguem segue seja o q for q le na net?? lololol

Maggie F. disse...

Tenho a certeza que sim, que muitas seguem o que as outras dizem, infelizmente.

Bjos

Maggie

Nany disse...

A troca de informações, ideias, conhecimentos aind vá, agora medicar sem saber se está a fazer bem....não quero acreditar.
Nany

AL disse...

Faço parte de alguns grupos de mães e o que tenho assistido?
- muito desemprego
- facebook funciona como filtro, até onde posso ir? é normal este ou aquele sintoma? quando devo ligar ou ir a correr para o hospital

Não acredito que haja "auto"medicação, mas um sintoma persistente e a médica diz sempre o mesmo, que tal ir perguntar às "amigas" o que dizem as pediatras dos seus filhos? Disso vejo muito do resto não vejo, e espero que nunca ninguém se arrisque a esse ponto.