quinta-feira, fevereiro 05, 2015

pôr um travão á vida social das crianças


É justo ou não é? Que tipo de adultos estamos a formar se quase parecemos empregados dos nossos filhos? Conheço pais que levam os filhos a todas as festas para que foram convidados numa correria desenfreada como se o mundo fosse acabar ali naquele dia, naquele fim de semana, e a criança estivesse a aproveitar os últimos segundos de vida. Pais demasiado permissivos criam pequenos ditadores, não há duvidas. Livra! 
Onde fica a vida dos pais como casal e vida de todos como família? onde fica o descanso, o estudo e as relações familiares? é importante haver nada para fazer, é importante o aborrecimento, a chatice, e a frustração de uma tarde desocupada. Por isso, quando o pai disse: "têm três festas este fim de semana? escolhem uma!", eu esfreguei as mãos de contente.

Agradeço a todas as crianças que gostam das minhas filhas e as convidam para as suas festas, inclusive ás amigas de outros anos e de outras salas, e acreditem que não é por desrespeito, fico feliz por ver que as minhas filhas são queridas mas há limites e a vida familiar ao fim de semana não pode ser só o corre corre das festas infantis. 

Boa tarde


Maggie

3 comentários:

Mel disse...

=) concordo!!
obrigado pela partilha Maggie!

sandra disse...

Tens toda a razão o tempo para não fazer nada também é importante :)

Alex disse...

Concordo e subscrevo!