segunda-feira, abril 27, 2015

a proposito da criança de 12 anos que vai ser mãe, e de todas as outras espancadas e violadas que têm sido noticia ...

Sempre que leio histórias tristes dentro deste género só há uma coisa que me causa confusão, é o facto destas mães não se culparem, não se revoltarem consigo mesmas pelo que acontece ás filhas, ou aos filhos. Caramba eu sinto-me sempre responsável pelas minhas filhas, se alguma coisa de mal lhes acontecesse eu acharia sempre que poderia ter feito diferente, que poderia ter dado mais apoio, não sei…
Então esta criança de 12 anos aparece grávida e a mãe não vê? só na escola é que dão por isso? e agora a criança está internada no hospital na parte de pediatria, sim nem está junto ás outras grávidas, e a mãe tem acompanhado a miúda? então agora acompanha-a e antes, onde andava? não se sente culpada por ter posto um homem lá em casa que depois faz isto á filha? porra (desculpem lá), mas eu nunca mais me perdoaria. Mães de merda, (desculpem lá outra vez mas não há outra palavra), a culpa não as corrói, mas devia.

Até mais logo


Maggie

4 comentários:

Carla Ferreira disse...

Coisas que eu também como mãe não consigo compreender. Por mais atribulada e complicada que seja a nossa vida, os filhos são sempre a nossa prioridade. As mães ao olhar para os filhos reparam que algo de errado se passa ? O olhar triste ... a falta do sorriso ...

Nany disse...

Sabes que provavelmente essa mãe também não anda bem. Não estou a desculpar, mas sim, tal como aqueles que morrem e sofrem maus tratos ninguém nessas casas está bem.
Bjs

Anónimo disse...

a mim tb me faz muita confusão...não se vê os sinais, os gestos, os olhares? que homens são estes...que mães são estas...

Marta Moura disse...

É muito triste, de facto!