terça-feira, abril 21, 2015

ás vezes não sei bem como é que podemos mudar o mundo ...

outras vezes tenho a certeza de que não é a virar as costas aos outros que chegamos lá.
Esta coisa de rotular as crianças está tão errada e é tão falsa. E magoa, vai mudando e deixa que a raiva cresça, até que um dia acontece alguma coisa de muito mau e vamos ouvir dizer que ninguém viu. E não viu mesmo, porque não olharam, porque não se ralaram, porque não quiseram saber. 
Eu, Maggie nunca fui a defensora dos pobres, fracos e oprimidos, deve ser por isso que me vim embora do serviço social, mas sou defensora dos injustiçados, não gosto de insensibilidade. Gosto de ouvir, de perceber, de compreender e é isso que não vejo. O que me parece é que é giro isto de ter vários filhos, (eu também acho que compõe mais), está na moda, fica bem nas fotos mas depois não vejo grande acompanhamento ou preocupação de pais, professores, família, … Não ouço ninguém assumir que não está a dar conta do recado, e a chamar ajuda. Na verdade faz-me confusão, já que sou uma pessoa que conheço as minhas obrigações como mãe, cumpro-as como sei e se sou mal sucedida culpabilizo-me por isso, por sentir que a culpa também é minha, por achar que deveria saber fazer de outra forma, e peço ajuda. Mas não vejo muitos pais fazerem o mesmo. Ontem estive á conversa com uma amiga psicóloga sobre a tal criança que magoou a minha há uns dias com palavras más, ambas conhecemos a criança porque infelizmente esta menina também já magoou com palavras a filha da minha amiga e chegámos á conclusão que provavelmente ela não tem o mesmo comportamento em casa. Os pais não conhecem a filha má e mesquinha que têm em casa, provavelmente por ser a melhor aluna da sala nem lhes passa pela cabeça que seja arrogante e prepotente. Provavelmente os pais só olham os resultados escolares, provavelmente esta miúda engana todos muito bem enganados. Esta miúda não é melhor do que o Manel do post anterior, mas é mais sabida, sabe fazer pela calada, é mais perigosa. Mas isso ninguém vê, só os colegas da sala mas não chega. Para mim esta menina que com 9 anos já magoa os outros assim, também merecia ir para a rua de castigo e ficar ali ao lado do Manel para ver se há melhoras, assim é que era justo. 

Boa tarde até mais logo


Maggie

4 comentários:

Nany disse...

Conheço gente parecida.
Bjs

p* disse...

Eu acho que os pais devem saber o que tem em casa. A educação começa em casa e vem de bons (e maus) exemplos. O mais provável e o pai ou a mãe tratarem-se assim um ao outro, a magoar com palavras e os outros ao redor, incluindo a própria miúda.

Anónimo disse...

Pois....se calhar o que se passa em casa não é o que se transmite para a rua, ou então por vezes os pais exigem tanto deles, onde eles não podem ser crianças que muitas vezes quando não estão com os pais são uns terrores e mal educados, infelizmente conheço um caso assim. Já o Manuel acho que faz as suas travessuras porque necessita de atenção e talvez um pouco de afeto.
Tila

Anónimo disse...

Pois....se calhar o que se passa em casa não é o que se transmite para a rua, ou então por vezes os pais exigem tanto deles, onde eles não podem ser crianças que muitas vezes quando não estão com os pais são uns terrores e mal educados, infelizmente conheço um caso assim. Já o Manuel acho que faz as suas travessuras porque necessita de atenção e talvez um pouco de afeto.
Tila