sábado, maio 09, 2015

diz que sou uma mulher exigente, mais do que a maioria das mulheres de hoje.


e isso estará errado? não, é só uma variante!

E isso notou-se pelas mensagens que recebi sobre o post do vamos ou não jantar fora, (2 mensagens que não publiquei, leia-se). Tenho a dizer que, fico feliz que existam mulheres que se contentam com qualquer coisinha, é bom para elas que assim andam sempre contentinhas, mas eu não sou nem nunca fui assim. Sou orgulhosa sim, mimada talvez e adoro ser bem tratada, onde está o mal disto? o mal é só meu que nem sempre o homem cá de casa adivinha os meus caprichos, o mal não é de mais ninguém. E não será isto que falta hoje em dia ás mulheres? um bocadinho mais de orgulho, um bocadinho mais de respeito e de dignidade? é que as mulheres querem ser em tudo como os homens mas depois chegam ali a uma certa parte e ups há coisas que estão tão dentro de nós e que não dá para ultrapassar. Afinal quem não gosta de ser "cortejada", quem não gosta que se lembrem dela num qualquer dia sem importância nenhuma? quem não gosta de ser lembrada e de ser surpreendida porque afinal hoje nem é nenhum dia especial? eu adoro, para mim menos que isto não me serve, se serve para outras mulheres fantástico para elas. Eu sou mais cara. Ora analisemos a situação: eu fiquei feliz e surpreendida com um convite que recebi, precisamente porque veio do nada, não era dia de coisa nenhuma. Para a semana já não ficarei surpreendida porque fazemos aniversário e por isso o jantar romântico é mais do que certo. Fico feliz na mesma mas perdeu-se o encantamento da surpresa. Não estou desesperada por ir jantar fora atenção, posso ir jantar fora outras vezes, era só um ponto a favor dele e eu ficava feliz. E há alguma coisa melhor do que uma esposa feliz? não há, ahahahahahahahahahaha

Beijinho


Maggie


2 comentários:

Paula disse...

Eu acho que as mulheres devem ser exigentes.
Eu sempre fui. E ouvia: és tão exigente que acabas solteira.
Ao que respondia: antes sozinha que mal acompanhada, se não encontrar ninguém de jeito ficou mesmo solteira!
Acabei por encontrar e casei, contra todas as apostas de familiares e amigos.
Não NUNCA me contentaria com pouco. Poderia ser feliz solteira, nunca iria casar apenas para não estar só!
Bjs,
Paula
vidademulheraos40.blogspot.com.

Maggie F. disse...

Obrigada Paula, adoro gente com as ideias no lugar. Gente que sabe o que quer e não desarma, ou e ou não é, agora coisas pela metade não são nada.
Sei que tenho mais seguidoras assim.
Felicidades


Maggie