quinta-feira, junho 11, 2015

não faças aos outros o que não queres que te façam a ti !

É muito fácil esquecer os outros, até um dia estarmos no lugar deles. Sim que todos lá chegaremos, á idade em que precisamos de companhia e de atenção. Infelizmente e cada vez mais reparo que aquilo que damos é o que acabamos por receber, E quando damos pouco aos outros não se pode esperar muito. Felizmente estamos sempre a tempo de mudar o rumo da história, é só querermos. Basta perdermos a arrogância e procurar a pessoa humilde que existe dentro de nós, basta abrir o coração mandar lá para trás o preconceito e aceitar os outros como são. É fácil falar de cor, é fácil quando não precisamos de ninguém, mas quem é que não precisa de alguém? A arrogância paga-se caro e a loucura fica mesmo ali ao virar da esquina. É aqui que se morre de solidão. É preciso tomar consciência e mudar a tempo de cair no abismo. E não, as pessoas não são todas boas nem têm todas um grande coração, algumas são tão mesquinhas e egoístas que dá dó, e acabam sozinhas. Quase de certeza.

Beijinho


Maggie

4 comentários:

Patrícia Teodoro disse...

O meimu ditado...o que damos ap mundo ele devolve nos em dobro...se damos coisas boas recebemos sorrisos se damos coisas más só podemos esperar pior. Beijinhos. E tu com certeza tentas dar o teu melhor diariamente

marina maia disse...

Mas infelizmente arrogância é o que mais por aí há. o mundo está cheio de gente que acha que é melhor que os outros só porque sim, já ninguém segue bons exemplos, cada um acha-se melhor que todos, consciência? Pouca gente o tém.
Vivemos cada vez mais no mundo do usa e deita fora!!!

marina maia disse...

Maggie escrevi sobre este tema e sobre ti!!!
Espero que não te importes, beijo

Carpe Diem disse...

Concordo com o que escreves. A arrogância não leva a lado nenhum. Só nos deixa a um canto, sozinhos e sem gente à nossa volta. Eu prefiro simplificar, ser cada vez mais positivo e ir vivendo os bons momentos desta vida! Porque vida só há uma e depende de nós deixar o sol entrar!
Beijinhos e belo texto!