quinta-feira, julho 02, 2015

amigas com familiares taxistas, atenção!

Há sempre alguém que tem um pai, um irmão, um tio e até um primo afastado que é táxista, ora eu venho só pedir que façam o favor de lhes dizer que estão apenas a prestar um serviço, apenas têm que o fazer de forma educada e ponto. É que eu, mulher pouco dada a conversas com estranhos tenho levado com cada seca nos táxis, irra. Vamos lá ver, é um trabalho como qualquer outro, não têm que fazer conversa com os clientes, não têm que contar a vida e também agradeço que já agora não cantem no carro enquanto levam passageiros. Os passageiros não são amigos a quem encontramos na rua e oferecemos boleia para casa. O taxista presta um serviço, eu pago e acabou. Estou pouco interessada em saber o que A acha da Grécia, o que B acha do governo, estou cansada que C cante e que D fale dos seus problemas de saúde e que por isso toma 12 comprimidos por dia. Compreendo que seja chato trabalhar sozinho, eu também estou por norma muitas horas sozinha mas não é por isso que vou a maçar os outros com as minhas conversas. 
Vá quem tiver um amigo taxista ou um taxista na família passe a informação s.f.f.

Beijinho


Maggie 

Sem comentários: