sexta-feira, julho 03, 2015

Quem está contra e a favor das taxas moderadoras na IVG?

Quem está contra e a favor das taxas moderadoras na IVG?

Pelos comentarios deixados nesta noticia percebe-se o quanto somos um povo mesquinho e maldoso, por mim acabava-se já com todas as isenções para acabar com o problema. Isenções sim, para todos os que precisem de saúde mas não têm dinheiro para se tratar. Colocava-se grávidas e crianças sem isenção e acabava-se o problema (sim que eu fui educada no, quem não tem dinheiro não tem vícios), agora castigar as mulheres que decidem fazer um aborto? mas quem somos nós para julgar as outras? Acho bem que lhes retirem a isenção mas também acho bem que se acabem com as outras isenções. Parece que há mulheres de primeira e de segunda, e ainda as querem obrigar a olhar para o ecografo e a assinar uma ecografia de um feto saudável? irra, somos mesmos mesquinhos.


Bom dia


Maggie

2 comentários:

VerdezOlhos disse...

Não acho sequer que devessem existir taxas mas como existem isenções, em princípio as pessoas que beneficiem delas podem aceder à saúde sem custos, o que faz sentido. Imputar taxa à consulta em que é prescrita a IVG é só ridículo e discriminatório. Afinal, todo o planeamento familiar está isento e é nesse contexto que se passa a IVG. Há alguma lógica em taxar só uma consulta? Realmente, é julgar ou discriminar. E esta proposta de taxa parte de iniciativa cidadã. Depois ainda dizem que o que está mal são os governantes... -.- Enfim!

Nany disse...

E devemos cortar as isenções porquê?
Por acaso sabemos a vida daquelas mulher para lhe conhecer as razões de querer proceder a um aborto? Será melhor mandar a mulher em questão para debaixo de um vão de escada, ao cuidado de um qualquer curioso e uma agulha de crochet?
Eu sou defensora da IVG em contexto hospital, com isenções, conversado com uma equipa médica multidisciplinar. Não como métido contraceptivo. Sou defensora da vida e coloco a IVG em última opção mas é uma opção.
Não defendo a ideia parva, bruta, insensível e a roçar a maldura pura de obrigar uma mulher a olhar para a ecografia, obrigar uma mulher a ver "aquilo que vai matar". Ela sabe e sabe porque o vai fazer. Assina só um consentimento médico do procedimento. Essa medida para mim é cruel.
E porque em vez de falarem de IVG's não falam mais em planeamento familiar? Não se ensinam as pessoas? Nâo se educam as famílias, as gerações mais novas? Talvez porque dê mais trabalho que imprimir uma facturinha.
Nany