quinta-feira, agosto 27, 2015

quem é que tem um filho por acidente?

Para se ter um filho por acidente teríamos que andar pela rua, cair-nos um pedregulho em cima da cabeça e semanas depois descobrirmos que ficámos grávidas. Isto sim é a única maneira de se ter um filho que foi um acidente, já tudo o que implique intimidade e contacto sexual nunca é um acidente. Já disse que detesto esta expressão "do tive um filho por acidente"? coisa mais parva de se dizer, expressão que ridiculariza a mulher que o diz, que faz dela uma mulher pouco informada, e que a transforma numa irresponsável. Os filhos podem não ser planeados mas nunca são um acidente. Dou o meu exemplo: a mais velha foi planeadissima sim, a segunda veio porque eu achei que não voltaria a engravidar sem a ajuda de mais uma fertilização in vitro. Veio sem avisar, não foi planeada mas foi muito bem vinda. Se eu soubesse que poderia voltar logo a engravidar provavelmente não teria feito contracepção nenhuma e ela teria vindo á mesma, com a mesma felicidade com que recebemos  a primeira. E agora esta gravidez, Maggie darling (como me chama o meu amigo Zé)? pois esta gravidez foi mais ou menos planeada, mais ou menos … e este filho é tão bem vindo como qualquer outro. (Estamos em 2015 qualquer gravidez não planeada e que não se queira levar avante pode ser interrompida. Já não há desculpas para depois andar a dizer que foi um acidente). Não foi acidente nenhum, não há filhos por acidente, há filhos não planeados só isso. E mães parvas que se esquecem como fizeram um filho e depois feitas tontas chamam-lhes acidente. Um acidente são elas!

Bom dia


Maggie

8 comentários:

TheNotSoGirlyGirl disse...

Adorei! Muito bem dito!

Vidas da Nossa Vida disse...

Também já ouvi essa, agora nesta terceira gravidez... E estou completamente de acordo contigo.

lifestextures disse...

Embora concorde que de acidente tem pouco, ainda há muitas mães que usam métodos contraceptivos que falham e só o descobrem depois de passar o período legal para fazer alguma coisa. Mesmo em 2015. É triste, mas é verdade.

Anónimo disse...

filho por acidente é só mesmo uma expressão algo estranha mas q significa uma gravidez n planeada..
as coisas q vc se preocupa é sinal q tem realmente mto pouco para pensar lol

Maggie F. disse...

Querida anónima, realmente a minha vida corre lindamente e na verdade posso dar-me ao luxo de falar do que me apetece, o que não quer dizer que não tenha outras coisas para pensar. Tenho mas não as partilho aqui, lamento.

Beijinho

Maggie

Anónimo disse...

Concordo !
As criaturas fazem sexo e dizem que foi acidente.. foi acidente do espírito Santo?! A partir do momento em que se sabe que os métodos falham e se faz sexo, não há acidentes. Acidente é uma palavra feia e ridícula para dizer que foi uma gravidez inesperada... parece que é uma coisa má o filho...porque não dizer uma surpresa?! Muito mais adequado.

AvoGi disse...

Na língua inglesa é muitto usada essa expressão "by accident" o que na nossa não tem o mm significdo.
Kis :=>)

Nany disse...

O meu 3º não foi programado, nem pensado, mas muito bem vindo. E não acidente.
Nunca pensei que conseguiria engravidar sem ajuda médica e estava a tomar a pílula por recomendação médica cuja principal função não era a contracepção. E sim, engravidei a tomar a pílula, e sim tinha periodo na mesma (agora sei provocado pela pausa entre uma carteira e outra), mas bem menor que o normal e passou-me pela cabeça ter uma menopausa prematura mas nunca que estaria grávida.
Juntar isso uma operação a um dente, um periodo complicado no trabalho e tudo passou ao lado.
E sim, quando se engravida porque a contracepção não funciona é um acidente. Quando se engravida porque não lhe apetece usar meios contraceptivos e depois logo se vê é desleixo.
bjs