segunda-feira, outubro 12, 2015

ora bem, ecocardiograma fetal … já começo a stressar.


Ecocardiografia Fetal
Guia de Informação da Ecocardiografia Fetal
O que é uma ecocardiografia fetal?
É um exame que, com ajuda de ultra-sons permite detectar anomalias cardíacas fetais.
A ecocardiografia pode prejudicar o bebé?
Os exames com ultra-sons durante a gravidez realizam-se, sem perigo, há mais de 20 anos. Não tem radiações.
O exame necessita de alguma preparação especial?
Não. Por vezes pede-se à grávida que encha a bexiga.
Posso ir acompanhada?
Claro, o seu marido ou qualquer familiar é benvindo.
Quem faz a ecocardiografia?
A equipa inclui vários elementos.
Várias pessoas podem estar no local do exame e não é raro que o comentem entre eles.
Todos os bebés fazem ecocardiografia fetal?
Não, existem algumas indicações precisas, das quais destacamos:
    Diabetes na gravidez;
    Doenças do colagénio;
    Gravidez anterior com filho com cardiopatia;
    Suspeita de malformação cardíaca ou outra durante a presente gravidez;
    Sempre que o seu Obstetra entenda necessário.
O exame mete medo?
As grávidas podem sentir-se impressionadas pelo silêncio no princípio do exame. É o momento em que o médico se tem de concentrar para fazer um exame minucioso.
Como é que isso é possível?
No início, este exame é igual a qualquer outra ecografia. Ao entrar na sala de ecografia, vai deitar-se numa cama para o exame. O médico vai “passear” suavemente a sonda na sua barriga e aparecerá a imagem do bebé no ecrã de televisão. Todo o exame durará entre 15 e 60 minutos, dependendo da posição do bebé e de outros problemas que surjam.
Quando é que vou saber o resultado?
Logo que termina o exame falaremos consigo. Aproveite para colocar questões, sobretudo se está ansiosa. Se encontrarmos alguma alteração no exame, explicar-lhe-emos a situação e mandaremos uma carta ao seu médico.
É preciso mais do que um exame?
Pode-lhe ser pedido para voltar; quer porque a ecocardiografia foi feita muito cedo em relação ao que queremos observar, quer porque a posição do bebé não permitiu um exame rigoroso.
A ecocardiografia detecta todos os problemas cardíacos?
A ecocardiografia detecta a maioria dos problemas graves, mas há anomalias que só se diagnosticam quando o bebé nasce. No entanto, estas não iriam interferir na sobrevida do seu bebé, nem no evoluir da sua gravidez.
O bebé vai ser todo ele observado?
Não, mas se detectarmos algo que não esteja bem, comunicaremos ao seu médico.

Quem fez?

Espero que esteja tudo bem com o meu Manuel.


Maggie 

4 comentários:

Paula disse...

Eu fiz nas duas gravidezes. Tenho uma sobrinha com uma cardiopatia congénita grave (não detetada na gravide) e tinha muito medo que um deles nascesse com uma patologia cardíaca. E bem sei que não tinham um risco acrescido por terem uma prima com doença cardíaca. Fiz mais para estar descansada. Nada temas. Vais sair de lá mais descansada. :)

Beijinhos

Paula

vera disse...

Olá Maggie. Fiz na semana passada e a médica falou durante o exame todo (foi-me explicando tudo durante o exame para me tranquilizar e efectivamente está tudo bem). O relatório fica logo pronto na hora. Beijinhos e dá notícias, sim?

Magda disse...

fiz das 2 gravidezes porque a minha OB recomenda a todas as suas grávidas.

Anónimo disse...

Eu fiz, tanto o meu pai como a irmã do meu marido (que já morreu da doença) nasceram com cardiopatia congénita! Estive sempre em pânico na gravidez até ao ecocardiograma fetal, que graças a deus não acusou nada! A minha princesa é saudável! Beijinhos e boa sorte!