segunda-feira, novembro 02, 2015

o pessimismo e o queixume vem na nossa genética, isto de ser português é tramado!

e gostamos muito da palavra coitadinho e pobrezinha que é uma coisa tão pequenina …
Aqui há uns dias alguém me perguntava como é que ia, mandando um olho á minha barriga com ar pesaroso, sim que isto de estar grávida ainda é doença para muitas (curiosamente mulheres), lembro-me de ter respondido um seco: vou bem, vou muito bem! e ainda a insistência: e não tens enjoado? tens te sentido bem, (com ar desconfiado)? sim vou muito bem, voltei a responder meio torto, não sou pessoa de dramas! Ora a ver, estou grávida e feliz, não me queixo e ainda que a gravidez não estivesse a correr lindamente não sou pessoa de me lamuriar. Uma coisa é falar de algum problema que pudesse ter surgido, outra coisa é lamentos como se eu fosse uma desgraçada. Sim, eu sei que há quem adore ser "uma desgraçada", não é o meu caso. Noto que algumas pessoas perguntam como se estivessem á espera de queixas, de problemas, de situações dramáticas e ficam até desiludidas quando comunico que está tudo ok. Esperamos sempre um drama para poder consolar, somos um povo muito amigo!

Beijinho


Maggie

2 comentários:

AvoGi disse...

É portugues terra de fado de fatima e futebol, uóte elseee
Kis:=>)

Anónimo disse...

Eu sou assim, queixo-me de tudo e mais alguma coisa e gosto de um drama..lol
gosto de conversas pesarosas mas a verdade é q pouco me importa a vida dos outros nem dou a conhecer a minha..portuga 100%
quando vamos a ver é só mesmo deitar conversa fora e zero maldade ;) ...é como na net, toda a gente se preocupa mas é para o lado q dormem melhor lolol