domingo, janeiro 17, 2016

e ao 3º filho já não há grandes questões



sabemos ao que vamos e o que queremos. Notei isso em relação ás coisas a comprar para o bebé. Na verdade sempre fui uma mulher muito objetiva nisto da maternidade. Os anos em que trabalhei no comercio de produtos de bebé deram-me uma bagagem muito boa para saber distinguir o necessário do acessório. Nunca me perdi por coisa alguma, e sempre soube o que valia ou não a pena comprar para o bebé. Ao terceiro filho os receios são ainda menores e as certezas crescem, por isso entro nas lojas e vou direita ás coisas que quero comprar e não estou interessada em grandes conversas com as funcionárias das lojas. Sei o quero e ponto, não vale a pena mostrarem-me outras coisas que eu dificilmente mudo de opinião assim na hora. 
Sou muito segura nisto da maternidade, era bom que fosse assim em todos os campos da minha vida!


Maggie

1 comentário:

Nany disse...

As questões são de ouitra natureza, nada a ver com que cadeira, esterelizador e afins.
bjks