terça-feira, janeiro 12, 2016

e pronto, só eu claro! (34 semanas e 3 dias)




Maggie desce a escada com o chassis pesadíssimo do carrinho Love da Chicco, sai a porta, atravessa a rua e tenta colocar o carro que já me parece grande e pesado demais, é nestas coisas que ser mãe de 40 anos se nota, e depois de duas ou três tentativas lá consegue colocar o carrinho na mala do carro. Não cabe lá mais nada mas o carrinho da Chicco entra. Volta para casa, vai buscar a base da cadeira do carro que não é leve mas quando pega na dita cadeirinha, "ai meu Deus como é que eu vou carregar este peso e ainda mais com o bebé lá dentro", só me ocorre se as outras cadeiras e os outros carrinhos de bebé que tive eram mais leves, é que este parece-me pesar chumbo. Ou então são os 10 anos que me separam das outras minhas filhas e respectivos carrinhos. Só pensei que afinal vou sair pouco com o bebé, que isto de põe cadeira, tira cadeira já não é para uma mãe entradota como eu. Livra! Mas pronto, podem comprar o Love da Chicco á vontade que eu confirmo que o colocam dentro de um carro pequeno como o meu. Ficam as fotos como prova.
(o que vale é que não vou ás compras com este carro, mas as miúdas terão que passar a levar as mochilas atrás no banco)

Boa tarde


Maggie

5 comentários:

TheNotSoGirlyGirl disse...

Opa! Isso parece ca uma complicação! Beijinho

Maria do Mundo disse...

Conheço bem o género. Quando a Mini mais velha nasceu o carro com que eu andava era um VW Polo.

Anónimo disse...

Pois escolheu mesmo uma das cadeiras mais pesadas do mercado.
Também andei a ver carros e precisamente por isso não quis esse, a cadeira pesa 5.200kg. Acabei por escolher um carro 200€ mais caro, da Inglesina, mas com uma cadeira de 3.200kg, das mais leves. É que não vou ser daquelas mães sempre com o pai atrás para carregar a cadeira...
Esse Love da Chicco é um chumbo autêntico, mas olhe força aí agora.

Maggie F. disse...

Eu também não vou ser daquelas mães sempre com o pai atrás, hahahaha.
Para mim estava fora de questão escolher outra marca que não a Chicco, ainda ponderei na Bebé Confort mas não me convenceu por completo.
Felicidades


Maggie

Anónimo disse...

Maggie

Reparei que a cadeirinha está no banco da frente...mais seguro ficar no banco traseiro.
tudo a correr bem nestas ultimas semanas
Susana