terça-feira, fevereiro 02, 2016

a partir das 37 semanas isto tornou-se mais complicado


Eu já estou imensa, engordei 15 kgs ( e na verdade ainda me faltam pelo menos 2 semanas), a barriga pesa e já custa andar a pé. Ando, mas devagar e com a sensação de que o parto está para breve, (só espero que não seja hoje que estou sozinha com as miúdas). A tensão continua controlada sem medicação mas estou com receio das análises que ficam prontas mesmo no dia de ir ao médico e de fazer o ctg.
A minha preocupação com o parto é tanta que agora meti na cabeça que posso não chegar a tempo de levar epidural, e nem quero tentar imaginar o quanto dói, por outro lado também ando com a fixação que me podem rebentar as águas assim de repente e depois como é? (estou até a pensar em levar uma toalha turca para o carro, não vá acontecer quando eu for ao volante) … 


Maggie

1 comentário:

Anónimo disse...

Se rebentar as águas n ha nenhum problema, tem tempo para tomar banho calmamente e ir para o Hospital sem stress..
em relação ao medo é normal o sentir, é sinal q ainda não é para já o nascimento pq as hormonas ainda n se fizeram sentir para a acalmar.. n é mito ..as hormonas fazem qq medo se atenuar imenso.. ;)
as dores..se fosse a si n me preocupava muito com isso, pode ter, pode nem ter..eu por ex da minha segunda filha fiz a dilatação toda sem dores, nem levei epidural , nada...correu tudo bem ..da minha primeira filha foi um filme, mas sabe o que eu acho mesmo?? o que interessa é mesmo no fim, dizermos : está tudo bem e ter um filho nos braços, saudável..
tive a minha filha de 4 anos, a mais nova com 42 anos e foi tudo impecável..nestas idades é tudo mais fácil, convença-se disso ;)