sábado, fevereiro 13, 2016

a sugestão literária, (porque ás vezes é preciso dar uma ajuda á natureza) …


Sinopse
Há 30 anos que em Portugal nascem milhares de bebés com a ajuda da ciência. Conheça as histórias destas crianças, dos seus pais e dos médicos que os ajudaram a nascer. Em nome do amor, porque a infertilidade também dói.
Como são as gravidezes dessas mães que, como a autora, ensaiaram vezes sem conta uma fotografia de perfil com uma barriga orgulhosa?
E que sentimentos são vividos na hora em que os pais e o filho tão desejado se olham pela primeira vez?
E elas, as crianças, o que sentem quando sabem que os seus pais fizeram tudo por um filho?


«Apesar da riqueza humana que este processo contra a infertilidade me proporcionou, preferia seguramente não ter passado por ele. Abdicava, sem pensar duas vezes, do sofrimento e da dor por que passei.

Sim, por mais que pareça estranho alguns paladinos da verdade, quem recorre à ciência para fazer um filho, não o faz por gosto, mas porque precisa.»
Sandra Moutinho



«Fui crescendo a saber que tinha sido o primeiro, a ver as fotografias e o filme do meu nascimento. Fora isso, sempre fui uma criança normal. Especial foi a minha mãe.»

Carlos Saleiro - primeiro bebé-proveta português, nascido a 25 de fevereiro de 1986
Filhos da Ciência de Sandra Moutinho



Maggie

Sem comentários: