quinta-feira, fevereiro 25, 2016

a vacina da BCG já não é para todos

Uma vacina importante dada a todas as crianças passou a ser dada apenas a crianças consideradas de risco. E o risco que a DGS considera está numa portaria no site desta Direcção. 
A minha criança não está incluída em nenhum grupo de risco e por isso não será chamada para a toma da vacina, o que acaba por ser muito subjectivo, uma vez que se eu comprar uma passagem aérea para um dos destinos considerados de risco a criança já terá direito a ser vacinada. E pode se-lo até aos 4 anos e 364 dias. Acontece que eu não sou uma mãe irresponsável e por isso não me passa pela cabeça partir para umas férias para um qualquer destino paradisíaco com um bebé. Temos planos para viajar mas para destinos o mais perto possível de casa, antes dos 5 anos não penso coloca-lo num voo com destino o ao outro lado do mundo, (foi este o prazo que nos colocámos para voltar aos Estados Unidos com os 3).
Percebo que não se dêem vacinas por dá cá aquela palha, se não é preciso acho bem que não se dê agora não dar porque estamos a poupar ?! Não acho certo, para darem a uns de um lado estão a cortar a outros pelo outro, e quando se trata de saúde publica parece-me que estamos a arriscar demasiado. 
Esperemos que não comecem a aparecer casos de tuberculose, esperemos …


Maggie

4 comentários:

Maria do Mundo disse...

Somos um país da treta...

ana disse...

Penso que o racionamento da vacina tem sobretudo a ver com os poucos stocks que existem e a incapacidade de obter vacinas em número suficiente. Também não é uma vacina que confira imunidade a 100%.
E infelizmente casos de tuberculose no nosso país existem e são até muitos, sobretudo entre os toxicodependentes e pessoas que vivem em extrema pobreza. Há bastantes profissionais de saúde afetados, por contágio. Portanto, a tuberculose é um problema grave sim, mas a probabilidade de um bebé a apanhar é mínima. Não é uma população de risco e a vacina pode depois ser dada a qualquer momento, se se justificar.

AMOR XXS disse...

Antigamente não saíamos da maternidade sem essa vacina, agora como há problemas de stock dizem que já não é preciso, é só para grupos de risco! Enfim.

Nany disse...

Eu tenho teorias várias sobre a vacinação e quanto a grupos de risco, perdoem-me mas todos somos, até porque não vivemos numa redoma.
Mas enfim, temos de cortar para dar a outros mesmo pondo em risco a saúde, e contra isso sou da forma mais veemente possível.
Bjs