segunda-feira, fevereiro 01, 2016

é a casa e eu … sempre a crescer.

(a funcionária da caixa prioritária do pingo doce continua a não me ver, (é a funcionária e os clientes não prioritários que estão na fila), tenho esperança que quando o bebé nascer berre bem alto assim que eu me colocar na fila prioritária, a ver se a malta se faz de surda também!

e nos últimos dias já me dou ao luxo de enfardar tudo o que apanho pela frente. 
Doce, só tudo o que seja doce, hummmm tão bom!

Beijo



Maggie

1 comentário:

Carpe Diem disse...

Há muita falta de civismo, mesmo!