terça-feira, maio 03, 2016

queixas, queixas e mais queixas do ser mãe

Não percebo. Parece-me que hoje já não se engravida porque acontece, hoje qualquer mulher tem acesso a toda a informação necessária para não engravidar por acaso. Cada vez há mulheres a serem mães mais tarde e por isso também são mais seguras como mães, ou deviam ser, a maturidade traz outra tranquilidade. Posto isto não percebo porque continuamos a assistir a mulheres que optam por ser mães e depois é ve-las queixarem-se a toda a hora, caramba não percebo mesmo. 
Tenho uma amiga deste género, como se só o bebé dela não dormisse a noite inteira, como se só o bebé dele ficasse doente, como se só o bebé dela desarrumasse as coisas, … e não se trata de um primeiro filho! Também sigo um blog de uma mãe que também passa a vida a queixar-se tudo, primeiro era o drama da gravidez, agora o drama do bebé recém nascido. Não percebo. Trata-se de bebés saudáveis, nestes dois casos, e trata-se de mães já muito longe da adolescência, mas é isso mesmo que parecem, adolescentes queixosas e birrentas, desculpem-me lá mas parece-me mal.
Todos os bebés dão trabalho, todos os bebés choram, têm cólicas, ficam doentes, e então? não foi mais um bebé que quiseram ter? Então não percebo os queixumes!

Bom dia


Maggie

1 comentário:

TheNotSoGirlyGirl disse...

Concordo! Eu nao fui mae, mas vejo por ai tantas maes que nao tem paciência para os filhos. Para cuidar deles. Ha uma diferença entre querer ter um filho e querer ser "mãe".
Beijinho

The-not-so-girlygirl.blogspot.com