domingo, setembro 04, 2016

as sugestões literárias, na Fnac



Uma ajuda fundamental para todos os pais. Como a concentração influencia o estudo e o êxito escolar. Dicas e estretégias para aplicar em casa e na sala de aula. As crianças recebem tantos estímulos desde o nascimento que se torna difícil concentrar a sua atenção. É fundamental ajudá-las desde pequenas a focarem-se no essencial.O propósito deste livro é ajudar os pais a melhorar a capacidade de concentração e atenção dos seus filhos através de técnicas simples, eficazes e divertidas. As táticas vão variando conforme a idade, com exercícios para os bebés e até à adolescência.


Lidar com adolescentes tem tanto de fascinante como de desafiante. Pela nossa experiência enquanto pediatras especialistas em adolescência, temos a convicção de que é possível atravessar esta fase da melhor forma e, por isso, neste livro partilhamos consigo um conjunto de conhecimentos e ferramentas práticas que o ajudarão a saber como comunicar e a compreender melhor os seus filhos, a reconhecer sinais de alarme e a lidar com as doenças e problemas e comportamentos mais frequentes.


Só quem se conhece a si mesmo, encontra a pessoa que ama. Joaquim Quintino Aires não pôde deixar de ficar surpreendido quando Ana, logo na primeira consulta, foi direta ao assunto: “Quero aprendera amar”. Mulher interessante, com um bom emprego, carro e casa, Ana tinha um problema: não estava bem sozinha, não conseguia estar acompanhada. Ao longo das sessões seguintes, viria a perceber as razões do isolamento e porque se afastava do mundo. "O Amor Não se Aprende na Escola" é a história de uma mulher que descobriu o amor tardiamente e hoje é casada e feliz. Mas é também a história de Júlio, um rapaz romântico que aprendeu a veras mulheres para além da imagem idealizada que fazia delas. Ou ainda de Carmen, virgem aos31 anos, que superou o medo do sexo. Nas histórias que conta, Quintino Aires reflecte as nossas próprias vidas, fantasmas e desejos. E mostra-nos como o momento mágico da descoberta é determinado mais pela nossa personalidade do que pelo acaso. Se ainda não encontrou a pessoa certa, não culpe a sorte; olhe para dentro e prepare o caminho: ela acabará por aparecer, e juntos serão felizes.


Boa noite



Maggie

Sem comentários: