segunda-feira, outubro 31, 2016

dia das bruxas na escola


E muitas ficaram em casa a embelezar-se para o convívio de logo à noite, a avaliar pelo transito que não havia hoje de manhã ;) …

(hoje já tropecei em alguns blogs onde os pais não comemoram o Halloween, eu entendo também não ligo nenhuma, mas será justo não enviar os miúdos mascarados quando todos sabemos que as crianças adoram brincar? é que as caras tristes, hoje na escola por verem os amigos mascarados e eles não, era de dar dó)


Doçura ou travessura?



Maggie


3 comentários:

Anónimo disse...

Enviar os filhos mascarados apenas porque os outros se mascaram? E as nossas crenças? Os nossos valores? O que lhes ensinamos? Que seguir o rebanho é que é bom? Não, obrigada! Os meus não participam nalgumas celebrações que, para nós, não fazem sentido. Eles sabem as nossas razões e compreendem. E não fazem caras tristes. Eu tenho mais pena daqueles que festejam tudo e mais um par de botas sem sequer saberem o que estão a festejar. Festas com "mortos" pendurados, bolos sepultura, bruxas, vampiros... Está tudo doido!

Maggie F. disse...

Minha querida anónima, se frequenta este blog sabe que não sou adepta de ir em carneirada mas sou adepta das crianças felizes e das "americanices" quase todas. O que vi acontecer ontem com as crianças mais pequenas que os pais não enviaram mascarados foi bonito entre as crianças: a partilha de alguns objectos alusivos à data pelos meninos que não tinham nada. E a alegria deles?

Não estará um bocadinho azeda para esta hora da manhã? será que já lhe andaram a tocar á porta a pedir doçura ou travessura? ahahaha

beijinho

Anónimo disse...

"Querida anónima"? Não entendo o cinismo Maggie. Apenas dei a minha opinião. E não, não sou nada azeda. Sou uma pessoa muito feliz e os meus filhos também. Apenas penso antes de aderir a modas ou americanices como diz. Gosto de saber as origens das coisas e depois decido. A Maggie diz que não vai em carneirada. Eu cá acho que vai só que o rebanho fala inglês.

Achei a sua resposta de muito mau tom. Não me conhece, interpretou mal o meu comentário e passou ao ataque.

É pena. Como dona do blogue tinha a obrigação se ser mais moderada.

E beijinhos, recebo de quem me quer bem. Os outros dispenso.

Fique bem.