quarta-feira, dezembro 28, 2016

do pós Natal

Já não há presentes à volta da árvore, hoje desembrulhei e arrumei os últimos.
A casa está mais leve  mas na verdade não gosto do pós natal, a árvore mais triste sem os presentes à volta. Ainda assim a árvore vai manter-se até ao Dia de Reis, tal como o presépio. O Manuel adora o presépio, é um sucesso e está ao alcance de um bebé. Gosta das figuras mas tem uma preferência por um, o pastor. E eu ainda não consegui perceber porque é que o Manuel só embirra com o pastor. É sempre o coitado do pastor que anda a pontapé. 
Ontem foi dia de organizar esta casa imensa, porque nos dias de festa não se faz grande coisa mas o trabalho continua lá e vai aumentando. E numa casa grande é fácil criar a desordem, é só ir deixando um casaco aqui, um brinquedo caído além, uma mochila que serviu num dia mas que depois não se arrumou, … e com as miúdas em casa é difícil manter a organização, é passar os dias a ralhar para que arrumem o que desarrumaram, é passar os dias a pedir para deixarem tudo como estava, sejam as almofadas do sofá, seja a mesa limpa de loiça depois do pequeno almoço. Também ajudam é verdade, ontem só consegui orientar a lavandaria, a roupa para lavar e a já lavada, a por passar e a passada porque elas ajudaram com o irmão. Ontem foi o dia, hoje é mais um daqueles muito trabalhosos porque não ficou tudo organizado ainda. Faltam-me os cães, por exemplo. Ando para lhes dar um banho e aparar os pêlos dos focinhos mas ainda não consegui, coitados estão na lista para hoje.

Bom dia 🎁



Maggie

Sem comentários: