sexta-feira, março 03, 2017

agora sim, falemos de máscaras de Carnaval

e de pais que permitem tudo, até permitem fatos de Carnaval que não são compatíveis com a idade da criança.
Eu não sou grande fã do Carnaval, mas gosto de ver os miúdos mascarados. Gosto dos papelinhos e das serpentinas, gosto da alegria e da folia. Gosto de ver médicos, enfermeiros, bebés, cozinheiros, ciganas, sevilhanas, capuchinhos vermelhos, fadas, xerifes e cowboys. 
Mas depois há os outros fatos, os que são tudo menos infantis, além de muito feios. Não sei como há pais que gastam dinheiro em fatos que emancipam meninas no inicio da primaria, não sei como há pais que não percebem que não é adequado, que é feio, que as cores são deprimentes para crianças pequenas, que aquilo não é Carnaval, é uma reunião de bruxas muito más. 
E depois em caras de crianças já de si pouco sorridentes e felizes a coisa ainda fica pior, muito pior. Enfim, há pais e pais! E há estes pais que mascaram os filhos à sua imagem e semelhança, esquecem-se é que as suas crianças não passam de crianças de 6 anos e eles já passaram os 40 há algum tempo. 
Eu vi um fato de Carnaval este ano que benza Deus, se não era uma figura do Demo andava próximo, muito próximo. Chiça! ahahahahahahaha

(se vissem a fatiota, vocês iriam compreender ;) )

Até mais logo



Maggie

Sem comentários: