segunda-feira, março 13, 2017

onde começa e acaba a vida intima de cada um, na blogosfera

Fiquei a pensar na expressão da anónima de há uns 3 posts atrás, falava na minha intimidade ou na minha vida intima, já não sei. E eu fiquei a pensar o que é isto da intimidade, ou da vida intima, na internet, claro.
A anónima não gostou que eu tivesse referido que o meu pai está doente e que já não tenho mãe, não especifiquei qual a doença do meu pai, nem se está em casa ou internado num qual hospital. Não contei como faleceu a minha mãe, falei dos meus sentimentos, do que é isto de não ter mãe, do que se sente e do quanto dói. Nunca referi pormenores nenhuns, podia ter referido. Curioso que se eu partilhar que vou de férias a Ceuta, se partilhar que me vou casar, que comprei casa nova, que mudei as crianças de colégio, que vou pôr peito ou fazer uma lipoaspiração ninguém me acusa de expor a minha intimidade, agora falar de doenças ui, é intimidade. Posso partilhar que compro a roupa interior na Primark, também posso partilhar quantas vezes o Manel bolsou e quantos cocós fez ontem. Posso vir colocar fotos de biquini na praia e fotos com a barriga de grávida à vista, e até posso mostrar as maminhas se estiver a amamentar que isto não é intimidade. Posso vir queixar-me que não durmo há uma vida, posso tudo que não há censura mas doenças e mortes ai valha-me Nossa Senhora. Percebo então que por esta internet fora só é bom partilhar as coisas boas, as más passam ao território da vida intima.  Lá está, a vida é feita de aparências e no mundo dos blogs mais ainda. 

Na blogosfera portuguesa não há doenças, nem mortes nem nada que possa causar incómodo. 
Partilhar sentimentos mais tristes também não convém, não fica bem. Bem vindos ao mundo da fantasia. A blogosfera não é a Disneyland, mas podia ser!


Bom dia



Maggie

4 comentários:

Cátia Martins disse...

Sério? Ai, as pessoas são demais!! Manda-a dar uma curva!
Boa semana...beijinho

Vidas da Nossa Vida disse...

As melhoras do teu pai. Bjs

Maria Rita disse...

Primeiro, as melhoras para o teu pai, espero que fique bom quanto antes,
Segundo, isto é muito diferente de quando eu comecei o meu primeiro blog, a grande maioria das vezes já nem me apetece escrever, venho espreito e vou embora, já há poucos blogs genuínos, infelizmente.

Beijinho Mag

A mamã vai casar disse...

O mais importante é que o teu fique bem. As melhoras.
De resto, palavras leva-as o vento.
Escreve o que te apetece. Quem não gostar não lê.
Beijinho