sexta-feira, maio 05, 2017

vem aí o dia da Mãe


e também vem aí o dia mais importante de todos: o dia que nos trouxe onde estamos hoje. Maio é cheio de dias importantes e de lembranças boas.
O dia em que tudo começou, o dia mais feliz, curiosamente volta a ser um domingo. Aquele 14 de Maio também foi um domingo, e lembro-me que estava pouco sol. Maio traz à lembrança o que muitas vezes fica de lado na correria do dia a dia, traz imagens de outros tempos, conversas, desejos e sonhos. Traz-me à memória "os miúdos"que éramos, a simplicidade, a alegria, a inocência de acreditar que podíamos ser quem quiséssemos. A liberdade de viver e os sorrisos fáceis. 
Os Sonhos, acho que os cumprimos todos tirando a tua ideia de termos um aquário. 
Maio também é o mês da Mãe, infelizmente já não tenho a minha mas sou mãe de três, ocupação não me falta, companhia e animação também não. Os dias estão cheios com as coisas deles, é cansativo mas também é bom. A vida sem eles era tão vazia, lembro-me bem. 
Tarefa dura a das Mães, e Mães com M grande  não é à toa, refiro-me a Mães mesmo. Mães que são Mães todos os dias e não só quando dá jeito. Não é fácil, nada. Tarefa até bem engenhosa. Uns dias a coisa faz-se com mais facilidade outros é mais complicado. Na verdade isto de ser Mãe torna-se cada dia mais difícil, as noites sem dormir e as tosses são amendoins perto dos desafios dos miúdos mais crescidos mas é para isso que a Mãe cá está, chata mas presente. Recuso-me a não estar. Faço questão de me chatear sempre que é preciso, levanto a voz, grito muito, diz a Maria. Sou Mãe, se existe alguma Mãe com 3 filhos que não grite e ainda assim esteja lá para eles, acompanhe, oriente e seja Mãe por favor de-me umas luzes de como manter o stress no mínimo.
O dia mais importante chega uma semana depois, e nunca vai deixar de ser para mim o melhor, o Dia. Muito longe da data do casamento, da data do nascimento dos miúdos, o Dia é aquele, o que me trouxe aqui. Viemos juntos desde aquele dia à tarde e continuamos juntos. Não foi fácil, nada fácil, tivemos já muitas pedras espalhadas mas temos conseguido contorna-las e seguir caminho. Estou pronta para continuar a viagem, vamos? não me largues a mão.

Bom dia



Maggie

Sem comentários: