quarta-feira, novembro 15, 2017

o que é isto de chegar novo a velho?


A revista Sábado partilhou fotografias de avós quando eram novos e a grande admiração dos netos. Note-se: foi publicado pela Sábado mas foram pedidas a vários utilizadores estrangeiros anónimos, não se trata de estrelas de cinema.
O estranho é que os netos ficaram impressionados, e não é para menos. 
Temos tendência a não valorizar as fotografias que os nossos antepassados nos mostram. Somos jovens e não temos grande interesse e isto de ver fotos antigas parece uma perda de tempo. Na realidade no tempo dos avós as fotografias eram praticamente tiradas só no fotografo e nem reparamos bem, parecem-nos todas muito idênticas. Esquecemos de olhar o estilo, as feições e a boa forma, talvez por não tentarmos ver os nossos avós enquanto jovens. Pensamos em avós e rapidamente nos aparece uma figura velha e cansada. Muitas rugas, o corpo já pouco elegante e a roupa não ajuda, mas esquecemos que já foram jovens. Alguns foram jovens bem giros e cheios de estilo. 
É uma pena que os avós não partilhem mais fotos enquanto jovens e é uma pena que não cultivem a sua juventude. Percebo que a partir de certa idade estejamos cansados e nos entreguemos ao papel de cuidar primeiro dos filhos e depois dos netos e a juventude e personalidade parecem ficar por ali, talvez por isso os velhos nos pareçam todos muito idênticos. 
Gosto de perpetuar a juventude e a individualidade e não gosto de pensar que isto de ser mãe e mais tarde avó faz de mim apenas mais uma pessoa adulta e mais tarde uma velha igual às outras. Não para os meus. Se calhar isto é inevitável mas enquanto tiver discernimento farei tudo para que as minhas filhas e netos tenham acesso às minhas fotografias em criança e jovem. Não gostava que os meus netos olhassem para mim com o espanto que estes netos olharam os avós: como se estes nunca tivessem sido jovens, alegres e giros como eles são hoje!

É importante nunca nos esquecermos que todos um dia seremos velhos, e mais importante ainda; todos um dia vamos gostar de ser recordados pela nossa beleza, pela nossa carreira, pela  nossa generosidade,  e pelas nossas conquistas ... 



Maggie

Sem comentários: